#lardepoetas Tumblr posts

  • nevalisca
    18.10.2021 - 2 hours ago

    queria ser capaz de mudar quem eu sou, mudar um pouco da minha essência, ser alguém que sempre tive vontade em ser, mas que nunca teve coragem. queria ser alguém que aceita desafios, que se joga de cabeça, que gosta de adrenalina, alguém que faz o que dá na telha sem se importar muito com o que vem depois, sem se importar muito com as consequências. queria ser o tipo de pessoa que não passa desapercebido, o tipo de pessoa inesquecível.  

    [mas se tem uma coisa que eu sou é esquecível.]

    bianca dias; nevalisca. 

    View Full
  • eslirios
    18.10.2021 - 3 hours ago

    você ainda vai zelar por mim como disse que faria quando o amor transbordou outras dimensões e tudo era coisa de outro mundo quando eu disser que não quero mais e te magoar da pior forma possível porque a minha síndrome de porco espinho é cruel?

    ou vai ser tudo aquilo que me disseram

    que na verdade

    eu seria.

    ainda vai tá bem aqui pertinho de mim pra que quando eu acordar eu te pedir desculpa porque eu não sou assim. eu não sou assim. eu te prometo que não sou assim.

    - não faz sentido pra você, mas faz pra mim. sempre fez.

    View Full
  • poesiasdocorpo
    18.10.2021 - 3 hours ago

    Meu coração foi partido e você não percebeu.

    Você soltou a minha mão e me abandonou na metade do caminho.

    Você foi embora sem ao menos se despedir.

    Você me deixou sozinha, mesmo estando presente.

    Mas você me olhou, mas seu interesse nunca foi em mim..

    Nayomi Obarros

    View Full
  • verdadesindigestas
    18.10.2021 - 4 hours ago

    Em relacionamento abusivo com a ansiedade

    Me desculpe por ser infiel, mas todos os dias eu flerto com a ideia de te ter em meus braços;

    Traindo a mim mesma e quebrando todas as promessas enquanto revivo aqueles momentos.

    Mas, as cores da sua pele derretendo com nosso pecado me lembram o espaço.

    Tão lindo e hipnotizante.

    Eu não percebo quando acontece e sou pega de surpresa sendo sugada por esse buraco negro.

    E quando percebo, eu me perdi novamente caindo no desconhecido. Prometendo a mim mesma a nunca me render novamente ao sabor do seu doce e amargo suposto amor.

    Abusive relationship with anxiety

    I’m sorry for being unfaithful but everyday i flirt with the idea of having you in my arms

    Cheating myself and breaking all the promises while reliving those memories

    But the colors of your skin melting with our sin reminds me of space

    So beautiful and mesmerizing

    I don’t see it coming and get caught off guard being sucked into a black hole

    And when I realize I lost my self again, falling into the unknown, promising myself to never again surrender myself to the taste of your bitter sweet so called love.

    Texto originalmente escrito em inglês.

    #lardepoetas #writers and poets
    View Full
  • bluesegrunge
    18.10.2021 - 4 hours ago

    me dói que o seu desespero em ser amado te prenda a lugares que você não pertence e sonhos que não são seus

    #Chrissie #usem a tag lardepoetas em suas autorias ♡ #textos
    View Full
  • View Full
  • mormente
    18.10.2021 - 7 hours ago

    eu to fodida, mas não do jeito que realmente queria.

    não acredito que pessoas sejam tão breves e substituíveis. não acredito que um corpo bonito possa valer mais do que o meu jeito desengonçado ao segurar um garvo. ou o meu sorriso de canto por sentir vergonha toda vez que seus olhos cravam em mim por mais de alguns segundos. não acredito que posso ser esquecida em menos de um ano por alguém que me jurava amor todas as noites antes de dormir e ainda me escrevia bilhetinhos sem se importar em ser brega. eu levei dois anos para limpar o meu coração e te convidar para entrar. eu tenho outras partes que ainda estão desorganizadas, mas o meu coração é o único lugar que eu fiz questão de me livrar de todas as coisas inúteis pra que você pudesse ocupa-lo por inteiro de forma confortável.

    eu levarei anos para apagar seus vestígios em mim: as marcas das suas mãos por toda parte do meu corpo. mas levarei pra vida toda as manias e gírias. eu levarei anos para fechar os olhos e não desejar que você fosse o travesseiro que eu agarro forte. levarei anos para não sentir falta da sua risada, e mais um pouco de tempo ainda para não ouvi-la gargalhando nas minhas lembranças que parecem tão vivas. e eu queria que realmente fossem ao ponto de poder te puxar para perto e acariciar o seu rosto. eu ainda vou deitar e sentir sua boca percorrendo meu corpo e me dando leves mordidas. sua linguá fazendo movimentos circulares nos meus seios e suas mãos apertando firmes, pressionando meu corpo cada vez mais no teu. sentir você penetrando seu dedo fundo e na velocidade exata enquanto sua linguá estimula meu clítoris com tanta vontade, como se fosse sua fruta preferida. me deixando molhada como se eu fosse uma torneira que quebrou o registro, você se lambuçando e em seguida beijando minha boca com gosto de boceta. e eu querendo mais, querendo sentir mais de você entrando em mim -me tocando- me desejando e me pertencendo. se eu pudesse fazer um desejo agora, desejaria você deitada na minha cama completamente nua me olhando com safadeza e pedindo pra que eu sentasse na sua cara. eu gosto de te olhar nos olhos enquanto me toca porque ninguém me olhou ou me olhará como você. eu quero me contorcer, gemer no seu ouvido cada vez mais alto. sentir minha perna tremer e no fim mesmo sem folego, dizer que eu amo você.

    Entende? sexo eu posso encontrar em qualquer lugar, e você também. mas não será igual. não será você. não será o seu olhar e muito menos o seu gemido. e no fim de toda transa serão recolhidas as roupas espalhadas no chão e a porta batendo. não vai ter nossa conchinha. nosso abraço completamente nu. nossa soneca, carinho e sorriso bobo encarando você fixamente e pensando o quanto sou sortuda por ter alguém, e não qualquer alguém: por ter você.

    eu não acredito que podemos eliminar alguém como se fosse desenhado a lápis que qualquer borracha apaga. e mesmo que em qualquer outro lugar do mundo seja possível isso acontecer. eu te desenhei a caneta. eu te pintei com tinta acrílica no meu coração, e agora, mesmo você decidindo partir, ainda permanecerá por muito tempo. ainda terá partes suas por todo canto em mim, e cada canto contará um pouco do quanto você foi importante.

    eu te desejo. eu sinto sua falta

    Bianca Fernanda.
    #rabiscos #usem a tag lardepoetas em suas autorias ♡
    View Full
  • mormente
    18.10.2021 - 8 hours ago

    Baú

    acho que existem muitas coisas que você não me conta. coisas que você não sabe como contar. uma parte que talvez esteja quase extinta ou uma parte vazando de tão cheia e apertada. (seus sentimentos)

    acho que o fim é na verdade uma forma de dizer "você não pode continuar fazendo as coisas que faz e ainda sim, continuar tendo tudo que quer". você não é mais uma criança em um parque de diversões apontando para todas as barraquinhas e tendo tudo na mão. você é adulta, e por mais que me machuque muito e queira te mimar até não aguentar mais, você precisa ouvir um não dessa vez. você precisa escalar esse buraco e ver a luz do sol sem precisar que alguém coloque uma escada pra você. precisa sonhar, acreditar e voltar a viver. e mesmo querendo muito te pegar no colo e te esconder do mundo, eu preciso que você se abrace e se perdoe. se reencontre e logo você me encontrará também. eu queria muito dizer que sim, eu serei o namorado "perfeito" que encontra a lamina e deixa no mesmo lugar porque é o seu refugio - é coisa tua - eu queria encontrar papeis cheios de sangue no lixo do meu banheiro e fingir que nada aconteceu. que aquele sangue não saiu de você propositalmente. e eu queria muito te dar um puxão de orelha só pra você me dizer que não irá se repetir mesmo sabendo que cedo ou tarde você se sentira tão suja e insuficiente para o mundo que fará. eu queria muito ser como todo mundo que passou na sua vida e fingiu não ver a sua dor e escutar o seu pedido de socorro, e depois de cutucar todas as suas feridas, sair rindo de mãos dadas com outra pessoa (saudável e estável) por deixar o sentimento se desgastar ao invés de tentar guarda-lo e usar no momento certo. no nosso momento. eu poderia sim, ter feito isso tudo. eu poderia ter aceitado e abaixado a cabeça como todos ao seu redor até você não ser mais capaz de suportar carregar esse peso e partir mesmo tendo muito medo de morrer. partir porque no desespero sua dor seria tão sufocante que viver se tornaria insignificante. e eu não suportaria acordar um dia e descobrir que a pessoa que eu tanto amei não abriu os olhos. não suportaria viver em um mundo sabendo que uma pessoa tão incrível e que eu tive tanto apreço não pertence mais a este lugar. eu não estou indo embora e quero que entenda de uma vez por todas que o termino do nosso relacionamento não é por falta de amor, é por excesso. eu quero estar do lado de fora acompanhando a jornada que você irá percorrer durante esse tempo, e que você não pode me levar porque essa maratona é sua, mas eu prometo estar te esperando na linha de chegada. mas também não quero que a sua corrida seja apenas para chegar até mim. eu quero que essa corrida seja para você aprender a se amar novamente, amar tanto ao ponto de nunca mais alguém conseguir te ferir. se sentir completa por si só, e me ter na sua vida apenas para acompanhar e complementar a sua felicidade, mas não fazer de mim o único motivo para levantar da cama. esse é o momento em que você precisa mais de um amigo do que um namorado. é o momento em que você precisa mais de alguém te apoiando e escutando do que alguém acariciando suas partes intimas. eu estou aqui de braços abertos para ser seu amigo, para que possivelmente em breve possa estar de peito aberto para ser seu companheiro. quero que esse tempo seja exclusivamente seu, sem tempo para pensar se está me agradando ou não. que você se doe inteiramente para você, sem se preocupar em me doar qualquer coisa também.

    você conheceu a vida inteira pessoas erradas. idealizou amores irreais e viveu relações dolorosos, e eu sei que por conta disso, você não entende o que estou tentando fazer. você romantizou tanta violência, que agora não entende que esse meu ato é justamente pra não te ver mais machucada. não quero apenas suas melhores partes, eu quero apenas que você cure essas dores do passado que te impossibilitam de ter uma vida digna. e por mais difícil que seja para você acreditar, eu fico triste com tudo que está acontecendo. não sinto alivio por estar sem você, eu sinto falta e muita, sinto falta de tudo (até de te chamar de amor). e que o meu choro não é fingimento, eu realmente estou sofrendo por ter ver assim e por ter que me retirar nesse curto momento.

    você tem noção que em todos esses anos ninguém me sacudiu como você em apenas uma semana? você compreende que em todos esses anos você foi a unica que entrou no meu peito e fez uma baita festança que incomodou até a vizinhança?

    foi por você que eu atravessei a cidade sem medir esforços ou pensar nas consequências. era pra você que eu mandava ifood com bilhetinhos fofos só para te lembrar mesmo em dias comuns e em pequenos gestos que era você que rodeava meu pensamento o tempo inteiro. era você a minha pessoa importante. era seu meu coração mesmo estando longe. pra te lembrar que sim, você era muito amada por mim. ainda é.

    e eu sei que infelizmente, mesmo você sabendo de todas as minhas boas intenções, você ainda tem essa ferida aberta que te machuca e consome. e eu estarei sendo o curativo para uma ferida que fica cada vez mais aberta. é um processo que você precisa passar sozinha. e eu sei que tudo que você pensa é que todo mundo te abandonou, mas eu não. e eu também sei que tudo que você pensa é que eu vou me agarrar na primeira pessoa que atravessar na minha frente e dar pra ela tudo que eu quis (e ainda quero) com você. que eu vou festejar e me esquecer do seu rosto, do seu cheiro e do seu abraço. mas eu não vou. eu ainda vou falar de você para o meu melhor amigo. perguntar de você para suas amigas. te acompanhar longe, mas com o meu peito bem juntinho ao teu. eu sei que você tem medo de me perder, mas se tudo que eu sinto dentro de mim for realmente verdadeiro e sincero, eu jamais conseguiria ser de outra pessoa. enquanto você estiver se cuidando, eu também vou estar me cuidando daqui. enquanto você estiver isolada do mundo oferecendo pra ti toda a atenção que você sempre mereceu, eu vou estar aqui torcendo por você e esperando ansioso o seu retorno. mas quero que saiba e entenda que a minha vida não pode parar, ela vai seguir, e é exatamente isso que eu quero que você aprenda nesse tempo, que mesmo amando muito alguém não podemos deixar de existir. eu vou continuar saindo com os meus amigos, talvez beijando algumas bocas, trabalhando e lutando como sempre fiz antes de você chegar. e nada disso significa que você não é importante pra mim ou que eu não vá pensar em você quando for pedir uma comida e lembrar que você gostava tanto de estrogonofe, ou pedir um chopp e não desejar que você estivesse ali me acompanhando. estar morrendo de rir na roda de amigos, mas não pensar como está sendo pra você estar longe de todo mundo. é sobre viver por você mesmo amando muito alguém. eu não te prometo compromisso após o seu retorno porque não sei como meu coração vai estar, mas eu prometo tentar com todas as forças se tudo que ele ainda desejar for ter você ao meu lado.

    eu não desiste de você. eu estou insistindo na sua vida. quero você respirando, pisando nessa terra e sentindo o vento por muitos e muitos anos.

    eu não abri mão de você de maneira alguma porque você ainda tem todo o meu amor. e mesmo nesse tempo distante você carregará uma parte minha, e eu carregarei você nos meus pensamentos.

    eu quero você bem pra podermos estarmos bem. e eu não disse adeus, eu disse até logo...

    acho que no fundo são coisas assim que você tem vontade de me dizer, ou talvez eu só esteja romantizando e pirando muito porque no fundo é tudo que eu quero ouvir de você. talvez seja só consequência da tpm, não sei... perdoa o exagero e pode rir se achar engraçado toda essa coisa grudenta e tosca, mas eu já deixo claro que a culpa não é minha... é culpa dos filmes da netflix que enche a gente de esperança e romantismo.

    mas viu? eu já tenho esperança, e não foco mais só em coisa ruim. é um avanço, mas sei que falta muito ainda.

    Bianca Fernanda.
    #rabiscos #usem a tag lardepoetas em suas autorias ♡
    View Full
  • consterna
    18.10.2021 - 9 hours ago

    é tão ruim te olhar

    e saber que poderia

    ter tido mais de nós

    se você não tivesse

    escolhido mentir

    pra mim.

    View Full
  • abismoadois
    18.10.2021 - 9 hours ago

    Eu roi a unhas.

    Me debrucei na janela.

    A chuva caia forte.

    Os relâmpagos clareavam o quarto.

    Acendi um cigarro.

    Chorei um pouquinho quando escutei a nossa música.

    Fiquei dias acordando assustada no meio da noite.

    Enquanto você saia todos os dias.

    Flertava, bebia e postava.

    Mas hoje, eu tô bem.

    Imagine a minha surpresa em saber que agora quem chora é você.

    View Full
  • markowisks
    18.10.2021 - 9 hours ago

    Como num vídeo porno, a maioria das relações amorosas, acabam sempre em sacanagem.

    View Full
  • descrevendoadorposts
    18.10.2021 - 11 hours ago

    Ele te dá a sensação de conforto que todos os seus familiares desejam, quanto a mim te dou o amor que você tanto almeja, eu merecia ganhar, não é?

    a dor que escreveu isso. afinal não é ela sempre?

    View Full
  • renascestes
    18.10.2021 - 11 hours ago

    nos convenceram que amor não acaba, nos aprisionaram numa perseguição cega da eternidade. porém, meu bem, mesmo quando formos apenas pó novamente, sei bem o nome desse turbilhão que me move até você.

    é amor até virar átomo

    View Full
  • refeita
    18.10.2021 - 12 hours ago

    eu queria tanto te ouvir dizer

    peguei o telefone para te ligar e lembrei que gente como nós não faz mais isso. presa num sertanejo antigo, quis dizer que sonhei contigo só para ouvir sua voz do outro lado da linha. faz tanto tempo que não sinto nada balançar minhas estruturas como você e suas erupções, me faz tanta falta a imprevisibilidade de te ter perto. tenho tanto a te dizer, mas não formulo palavra alguma enquanto disco esse número que sei de cor e num mundo onde ninguém decora mais nada fui capaz de decorar com quantos toques você atende. sei que tão rápido quanto sua voz surgir vou fingir que nada importa, que não precisava te ouvir dizer aquelas coisas que não fazemos mais. vou te falar das fotos que ainda tenho e você vai me contar daquele dia que me viu pela última vez, bem de longe, e sentiu vontade de chamar. todas as nossas conversas são as mesmas e eu não ligo para isso, desde que sua voz me encontre por alguns minutos. engulo as perguntas sobre outros alguéns e minto sobre minha solidão não tão agradável, você não precisa saber que não há um dia sequer que não sonhe com o reencontro das nossas auras. podemos continuar de onde parou? seus olhos ainda vão brilhar ao me vez? esse ano inteiro presa entre minhas paredes coloridas e livros repetidos me fez ansiar encontrar seus olhos atentos mais uma vez e descobrir se tem pedaços de mim por aí porque acordar sem você é acordar sem mim, um pouco mais a cada dia. [diga que não vai sair da minha vida diga que não passa de mentira quando dizem que o amor morreu.]

    View Full
  • impulsionarias
    18.10.2021 - 12 hours ago

    O Que adianta dizer que a outra pessoa não vale nada se é você que reduz seu próprio valor esperando quem não te merece?

    -Caliu

    View Full
  • rastrosdeumanordestina
    18.10.2021 - 12 hours ago

    A vida é feita de risos e choros, mas a risada mais gostosa é aquela que você rir do que chorou.

    View Full