#mulher negra Tumblr posts

  • iuiurocha
    23.11.2021 - 6 days ago

    Tamanho gostosa. #desenhodemoda #preta #negra #mulher #gorda #croquis #croquidemoda #procreate #ipadpainting (em Sorocaba - São Paulo - Brasil) https://www.instagram.com/p/CWnokSRAt9X/?utm_medium=tumblr

    View Full
  • chicoterra
    18.11.2021 - 1 week ago

    Desafios de mulheres negras migrantes é tema de livro

    Desafios de mulheres negras migrantes é tema de livro

    Obra é fruto da dissertação de mestrado de egressa do Mestrado em Estudos de Fronteira da Unifap Sete trajetórias de vida de mulheres negras migrantes que adentraram as fronteiras da Amazônia franco-amapaense. Esse é o ponto de partida do livro “Atravessando fronteiras: mulheres negras migrantes no Amapá”, fruto da dissertação de mestrado da egressa do Programa de Pós-graduação em Estudos de…

    View On WordPress

    View Full
  • a-garota-que-pegou-fogo
    10.11.2021 - 2 weeks ago
    View Full
  • bellaedonnasposts
    08.11.2021 - 3 weeks ago

    Quando a gente começa a se amar dá até preguiça de sofrer pelos outros! 💣😘 . . . . #mulhernegra #blackwoman #brasil #negra #brazil #blackpower #africa #empoderamento #riodejaneiro #preta #melanina #cachos #black #afro #negras #mulher #oxum #southeast #friend #escritora #amizade #amorproprio #sudeste #friendship #estudos #amiga #writer #model #studies #logunede (em São Gonçalo, Rio de Janeiro) https://www.instagram.com/p/CWBCXm0rQk9/?utm_medium=tumblr

    View Full
  • soulscritico
    20.10.2021 - 1 mont ago

    Produção artística de mulheres negras é destaque do Estéticas das Periferias, que volta a ter atividades presenciais

    Ainda sob impacto da pandemia, o evento será híbrido, com eventos presenciais e atividades transmitidas pelo Youtube e Facebook do Estéticas

    Ainda sob impacto da pandemia, o evento será híbrido, com eventos presenciais e atividades transmitidas pelo Youtube e Facebook do Estéticas A 11ª edição do Encontro Estéticas das Periferias, iniciativa da Ação Educativa, vai homenagear as mulheres negras que constroem a cultura das periferias. A partir da experiência da escritora Carolina Maria de Jesus, o evento buscará mostrar como as…

    View On WordPress

    View Full
  • theprincientist
    07.10.2021 - 1 mont ago

    How I'm trying to be this summer.

    Sexy, fun, happy.

    #happy#dance#black girl #Black girl vacation #luxury#luxury vacation#paradise#jamaica #black girl bikini #black girl beach #beach#sea#pool #black girl pool #melanin#mulher negra
    View Full
  • a-garota-que-pegou-fogo
    06.10.2021 - 1 mont ago

    Nunca Mais

    Perdi todas essas coisas boas,

    tudo

    por um sentimento de que não merecia.

    Mas, eu mereço tudo que a vida pode me dar

    Mereço tudo o que me foi tirado

    e mais.

    Por que as pessoas se esforçam tanto pra nos fazer pensar que somos insignificantes? 

    Não mais.

    Nunca mais.

    Quando ouvirem meu nome, saberão que eu tenho orgulho de onde vim

    e sei muito bem pra onde vou.

    Que queimem com o veneno que me fizeram engolir.

    Não mais.

    Ninguém pode fazer com que você se sinta menos do que é.

    View Full
  • pedlowski
    23.09.2021 - 2 monts ago

    Minicurso promovido pela UFSCAR sobre mulheres negras na música brasileira recebe inscrições até 25/9

    Minicurso promovido pela UFSCAR sobre mulheres negras na música brasileira recebe inscrições até 25/9

    Estão abertas até sábado, dia 25 de setembro, as inscrições para o minicurso “Lugares e não-lugares das mulheres negras na música brasileira: uma breve introdução”. A atividade integra as comemorações dos 30 anos do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (Neab) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e tem o objetivo de fomentar reflexões sobre as representações de mulheres negras em letras de…

    View On WordPress

    View Full
  • complicadaemfases-blog
    22.09.2021 - 2 monts ago

    Good afternoon

    Boa Tarde! Como vai?

    Boa tarde criançada! Como vai?

    Eu estou bem e você está também

    Dá um sorriso se você está feliz

    Boa Tarde! Como vai?

    Boa tarde criançada! Como vai?

    Aperte a mão do coleguinha do seu lado

    Dá nele abraço muito, muito apertado

    "Boa tarde,como vai?"

    Música : William Alexandre

    Boa Tarde! Como Vai?

    #gostosa safada sexy gatatop loira Lingerie morenas mulatas negras amor podesosanacama sedução sedutora gostosa mulher mãe casada casamento l #Youtube
    View Full
  • cortecabelocurto
    14.09.2021 - 2 monts ago
    Cabelo curto e Cacheado
    Visite: https://cortecabelocurto.com
    Curta e Siga a Nossa Página!
    View Full
  • enigmatic-insect
    14.09.2021 - 2 monts ago

    [Vídeo com o texto “Quando eu vejo uma mulher preta dizendo ser feminista” e a música diz em seguida “How is that possible? / Como isso é possível?”]

    Recentemente, vídeos com esse tipo de frase e ideia se popularizaram especialmente no Tiktok. Os comentários, em sua maioria, concordam:

    Existe a ideia em certos círculos da Internet de que “o feminismo é inclusivo na teoria, mas na prática, é excludente das mulheres pretas”.

    Embora com certeza se possa criticar dentro do feminismo as interpretações que ignoram, superficializam ou minimizam a discussão do racismo, que intersectado com a misoginia, amplifica a opressão que a mulher negra sofre na sociedade; dizer que “o feminismo é excludente na prática” é uma ideia absurda.

    A tentativa de difamar o feminismo como um “movimento criado por mulheres brancas para mulheres brancas”, e um movimento que “só funciona para mulheres ricas” é extremamente superficial, e ignora as pautas feministas praticadas pelas mais variadas mulheres, dos mais diversos lugares do mundo, que inclui mulheres de todas as etnias, classes sociais, sexualidades, nacionalidades e religiões, e certamente inclui as mulheres negras e racializadas.

    Como pode o feminismo (especialmente o feminismo radical) ser excludente de mulheres pretas e de cor quando as práticas desse movimento incluem:

    Luta contra a pornografia e a prostituição (que desproporcionalmente afeta mulheres pretas)

    Oferecimento de recursos para sair do trabalho sexual

    Abrigos contra violência doméstica (cuja vitimização é maior em mulheres negras)

    Abrigos para vítimas de estupro (a violência sexual é mais frequente contra mulheres de cor)

    Oferecimento de recursos contra a pobreza menstrual (que mais prejudica estudantes negras)

    Organizações contra a mutilação genital feminina (praticada em diversos países da África e do Oriente Médio)

    Organizações contra o casamento infantil (que atinge majoritariamente meninas negras)

    Organizações contra galpões menstruais (praticados principalmente no Nepal)

    Luta contra abortos seletivos de sexo (praticados especialmente na China, na Índia e em diversos outros países asiáticos)

    Quando observamos as práticas do feminismo, é impossível defender que o movimento “só serve para mulheres brancas e ricas”. Essa tentativa difamatória cada vez mais popular na internet é fruto de desinformação, sim; mas também de um interesse generalizado de impedir nós mulheres de nos relacionarmos de maneira coletiva, e de nos unirmos a contra a opressão que sofremos por conta do nosso sexo. 

    O feminismo é absolutamente inclusivo: é o movimento que luta pela emancipação de todas as mulheres, e fim da opressão e violência sexual das mulheres de todos os lugares do mundo. Na teoria e principalmente na prática. 

    Com certeza precisamos pensar de maneira crítica e entender o motivo que leva algumas mulheres negras a se sentirem excluídas do movimento feminista: não podemos de maneira alguma ignorar o racismo como fator de opressão das mulheres pretas, muito menos ignorá-lo nas nossas discussões sobre violência contra a mulher.

    Mas é inaceitável a alegação de que o feminismo exclui as mulheres negras na prática. Isso simplesmente não é verdade. Honestamente, eu gostaria muito que as meninas na internet desenvolvessem uma consciência feminista inabalável, fora das frases rápidas que elas leem on-line, e que elas pesquisassem por si mesmas e formassem opiniões com base em evidências, ou com base na realidade das práticas feministas do mundo real fora do Tiktok.

    [For my English speaking followers, I’ll happily translate this if you want me to, just give me a heads up :)]

    View Full