#ques-e Tumblr posts

  • wastelandbabylouis
    19.01.2022 - 1 hour ago
    #porém pelo que tudo indica vai ser turnê do novo álbum e não a lot #espero que o álbum saia antes da venda de ingressos pq se eu não gostar não vou comprar não kk
    View Full
  • zuffys
    19.01.2022 - 3 hours ago
    #eu devia ter usado a pandemia pra cortar o cabelo ja que só saio pra trabalhar e as aulas sao online shdshhd será que ainda da tempo 🥺
    View Full
  • pacinosgf
    18.01.2022 - 4 hours ago

    betting all i have on that furrowed brow.

    when a woman gets married, she must lose everything resembling to her past. only in that condition, she may become what she needs to be: a good wife, a good mother, a good family woman. there is no more the need for trivialities like personal identity or personal tastes, things that not even young girls shoud need, and there should not be the necessity. your children come first, your husband comes right after them. you will understand when you become a wife. it won't take long.

    @materialgwrl

    #francesca. #francesca & angelo. #music. #a música é cantada pela stephanie j block because i am a wife!! #guess who is having me and my husband thoughts....... #muito orgulhosa desse psd porque parece direitinho o das fotos de casamento #dos meus pais #vincent cassel feiaço... e digo isso como boa apreciadora de homens brancos #mas a monica tem um monte de foto com ele então fazer o quê né #o angelo é mais bonitinho na minha cabeça mas não importa #o que tá no blockquote é ela falando com a angela que é a mais velha!!! #so many thoughts...
    View Full
  • prillafciry
    18.01.2022 - 7 hours ago
    @ priyankastevens via instagram: com meu amor @toulovse + essas asas me deixaram parecendo uma fada! combino demais com esse aesthetic ou eu to doida?
    #tive q posta dnv pq saiu toda a configuração #mas postei pq AS ASAS KKKKK #te amo gigi #e te amo alejandro que posta fotos da gigi #visage tbt.
    View Full
  • leandrodiasjf
    18.01.2022 - 7 hours ago

    Quem eu mais confiava e tinha certeza

    Quem eu mais confiava e tinha certeza

    Quem eu mais confiava e tinha certeza Quem eu mais confiava e tinha certeza que estaria do meu lado quando eu precisasse, na verdade não estava lá, de tudo fiz para você, dei meu melhor por você em troca recebi nada do que jamais esperaria receber de você, a vida me trouxe de surpresa tudo isso, hoje meu pobre coração vive com a certeza que fiz o que podia e recebi o que você tinha para me…

    View On WordPress

    #eu confiei em ti natanzinho #eu não volto mais não é valorizacao #me decepcionei com pessoas que nunca imaginei #nem que eu chorei um oceano letra #pensei que eu era importante para você #Quem eu mais confiava e tinha certeza
    View Full
  • somedaytakethetime
    18.01.2022 - 8 hours ago
    #Rúben Dias#Ruben Dias #this is gonna be all there is on my blog.... pictures of shirtless men #mas jesus me valha ele literalmente NUNCA usa roupa.... cristo senhor #orgulho nos nossos... sim senhor com certeza orgulho em pelo menos dois deles #neste e no Patrício #e vá o Bernardo também porque eu acho que ele é fofinho #fodasse que pedaço <3
    View Full
  • ohannarry
    18.01.2022 - 11 hours ago

    if harry doesn't lower his pants in the middle of the concert to show his brasil! tattoo inevitably showing his upper thighs then yeah no <3

    #mkkkkkkkkkk ai eu quero muito #e olha que eu nem vou
    View Full
  • honeyatlast
    18.01.2022 - 13 hours ago

    A transformação que está a operar na Galp, Brisa e BCP

    Energia, mobilidade, finanças. Três áreas que têm um impacto direto no quotidiano. E que estão em plena transformação. Empresas como Galp, Brisa e BCP são hoje completamente diferentes do que eram em 2012. E serão, seguramente, muito diferentes daqui a 10 anos. Mas essa mudança está já em curso. Visto Primeiro no site: https://ift.tt/3IgH3Tm

    #A transformação que está a operar na Galp #Brisa e BCP
    View Full
  • intctheunknwn
    18.01.2022 - 22 hours ago

                                    when we're together  ❄️❄️

    feat. @1stimeinforever & @aloveworthmeltingfor
    #eu fiz na visão da lumi #por mais que nós sabemos que ela e tory não são muito de huggies #( &. unknowngram. ) #( &. introspection. ) #EU NEM LEMBRAVA DESSA MÚSICA DO ESPECIAL DE NATAL DO OLAF #presente para vocês meninas
    View Full
  • jeanlvc
    18.01.2022 - 23 hours ago

    @cvsneux  & @h-mireu enviaron  ‘ 📱 ’ para ver la galería de mi personaje.

    #. ⠀ ⠀ * ⠀ 𝑝𝑜𝑟 𝑚𝑖𝑙 𝑛𝑜𝑐ℎ𝑒𝑠  ⠀ ﹕ ⠀ edits. #gracias por mandar :') #bueno me costo encontrar 4 fotos con el fondo casi igual asi que le roux #ojala validen el hc de que juntaron plata entre los4 para tomarse un bus e ir a #la playa (1) rato #el resto es lo tipico en su vida #perrito#comer#boxear #no me decidi como tiene el pelo asi que van los dos estilos jeje #ya voy con los hcs perdonen mi demora pero tenia que distraerme para pensar denuevo
    View Full
  • inipe
    18.01.2022 - 23 hours ago

    sintomas, o que causa, antibióticos e outros tratamentos

    Já procurou saber como anda seu sistema urinário? Você sente dores ou ardência ao urinar? Fique atento: pode ser uma infecção urinária!

    Infecções urinárias são super comuns, ainda assim podem ser incômodas e extremamente desconfortáveis. Elas podem afetar o trato urinário alto (rins, ureteres), o baixo (bexiga e uretra) ou mesmo os dois. Por esse motivo dá para entender perfeitamente porque as pessoas buscam tratá-la o mais rápido possível. 

    Neste artigo vamos falar sobre como identificar os principais sintomas de infecção urinária e quais remédios são indicados para tratamento.

    Sintomas: como é a dor da infecção de urina?

    É essencial diferenciar os sintomas de infecção urinária no trato urinário alto e baixo. Existem diferentes sinais para cada tipo de infecção. A ardência ou dor ao urinar são os sintomas mais comuns. A pessoa sente uma forte vontade ou necessidade de urinar, porém, quando vai urinar, saem apenas algumas gotas. Isto acontece porque a bexiga está tão irritada que faz sentir que temos de urinar constantemente, mesmo quando não tem muita urina. Procure o atendimento médico e tente explicar com o máximo de clareza os sintomas.

    Os sintomas da infecção no trato urinário baixo são: 

    Necessidade de urinar frequentemente

    Urina turva ou com sangue

    Dor no baixo ventre, ou seja, na altura da bexiga

    Odor bastante desagradável na urina e mal-estar, em geral

    Os sintomas da infecção no trato urinário alto são: 

    Febre alta (acima de 38 °C)

    Dor nas costas.

    Náusea e tremedeira descontrolada

    Vômitos e diarreia

    Quando se tem infecção no trato urinário, o revestimento da bexiga e da uretra fica vermelho e irritado, o que dá a sensação de necessidade de urinar com mais frequência, além de dor. A irritação pode causar dor pélvica e na região inferior do abdome. Por vezes as pessoas usam remédio para infecção urinária e assim diminuir os sintomas. Mas é preciso lembrar que a automedicação pode mascarar sintomas e prejudicar o tratamento. 

    É preciso saber o momento exato em que se deve procurar atendimento médico. Em geral, de 25 a 40% dos casos de infecções no trato urinário são leves e se resolvem de forma espontânea. Contudo, existe outra metade dos casos que podem complicar-se quando não se procura ajuda médica apropriada. Marque uma consulta se você sentir febre alta ou piora rápida dos sintomas.

    Os sintomas de infecções urinárias melhoram dentro de poucos dias após a administração de antibióticos. Desde que todos os sintomas sejam resolvidos após o uso dos antibióticos estar completo, não é necessária a realização de exames de cultura de urina para provar que a infecção desapareceu.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    O que causa a infecção urinária?

    O papel do aparelho urinário é produzir e armazenar urina e a urina é um dos produtos residuais do nosso corpo. Ela é produzida nos rins e desce pelos ureteres até à bexiga. A bexiga armazena a urina até ser esvaziada através da uretra, um tubo que liga a bexiga à pele. Nos sexo masculino, a abertura da uretra é na extremidade do pênis, enquanto no feminino é acima da abertura vaginal.

    Muitas bactérias vivem na área em volta da vagina e reto, além de em toda nossa pele. Assim, as bactérias podem entrar na urina através da uretra e viajar até à bexiga e infectar nosso trato urinário. Podendo até mesmo viajar até os rins. Mas, independente de onde, elas são o que causa infecção urinária.

    As infecções podem afetar várias partes do trato urinário, mas o tipo mais comum é uma infecção da bexiga (cistite). A infecção do rim (pielonefrite) é outro tipo de infecção urinária. São menos comuns, mas são bem mais graves do que as infecções da bexiga.

    As infecções renais frequentemente causam náuseas e vômitos. Estas infecções precisam ser tratadas de imediato, porque uma infecção renal pode se alastrar pela corrente sanguínea e causar problemas de saúde mais graves. Em razão disso, é imprescindível procurar ajuda médica, pois o profissional saberá indicar o melhor remédio para infecção urinária nos rins.

    Os rins são um par de órgãos do tamanho de punhos e em forma de feijão, fixados na parede póstero-superior da cavidade abdominal um a cada lado da coluna vertebral. Eles filtram os resíduos líquidos do sangue e os removem do corpo sob a forma de urina. Eles equilibram os níveis de muitos elementos químicos em nosso corpo (sódio, potássio, cálcio, fósforo e outros) e verificam a acidez do sangue. 

    Fatores que aumentam o risco de infecção urinária

    Algumas pessoas correm maior risco de contrair uma infecção no trato urinário. Essas infecções estão mais presentes nas mulheres, isso porque, elas têm uretras mais curtas do que os homens, o que facilita a entrada de bactérias no Sistema Urinário. 

    As infecções de trato urinário podem ser simples e complicadas. As simples são infecções que acontecem em pessoas saudáveis com vias urinárias normais. As mais complicadas acontecem em vias urinárias anormais ou em uma infecção mais grave: com pielonefrite, prostatite, obstrução dos rins ou formação de um abscesso, por exemplo. A maioria das mulheres têm infecções simples, enquanto em homens e crianças existe uma tendência maior a complicações. Outros fatores que podem aumentar o risco de ter problemas de infecção do trato urinário são:

    Uma infecção anterior;

    Atividade sexual;

    Mudanças nas bactérias que vivem dentro da vagina, ou na flora vaginal. (Por exemplo, a menopausa ou o uso de espermicidas pode causar estas alterações bacterianas);

    Gravidez;

    Má higiene;

    Idade (Pessoas mais velhas e crianças pequenas têm mais probabilidades de terem essas infecções);

    Problemas estruturais no trato urinário (sobretudo quando há dificuldade para urinar no dia-a-dia), tais como o aumento da próstata ou alterações congênitas do formato dos rins

    Infecção urinária na gravidez

    A infecção urinária na gravidez é bem comum, ocorrendo em cerca de 2% de todas as gestações. Isso porque, a gestação causa alterações hormonais e físicas no corpo feminino que, em virtude da grande dificuldade com a higiene devido a uma barriga distendida, acaba ocasionando a frequência de infecções do trato urinário. 

    A pielonefrite é uma infecção bem mais grave que causa o aumento das hipóteses das gestantes sofrerem de infecção generalizada, causando até a falência de órgãos e pressão arterial perigosamente baixa.

    Os fatores de risco para as infecções de trato urinário na gravidez incluem mulheres de classe social mais baixa e de idade jovem. 

    Devido à elevada taxa como à potencial gravidade da pielonefrite, recomenda-se que todas as mulheres grávidas sejam acompanhadas nas visitas de pré-natal. Aqui vão alguns pontos indispensáveis para as gestantes:

    Caso você esteja grávida ou tenha diabetes, entre em contato com seu médico rapidamente (Na consulta, é possível ter um diagnóstico exato).

    Talvez o que você acredita ser uma infecção urinária, pode ser uma candidíase ou outra coisa.

    O médico deve pedir um exame de urina para descobrir se você tem infecção urinária e qual bactéria é a causadora. Os resultados costumam levar 48 horas.

    Nestes casos, as gestantes, em sua primeira visita ao obstetra ou entre a 12ª e 16ª semanas de gravidez, devem pedir uma urocultura. Isto é, um exame realizado em laboratório, que procura confirmar a infecção urinária e identificar qual o microrganismo responsável pela infecção, normalmente causada por bactérias das espécies: Escherichia coli, Enterococcus spp., Klebsiella-Enterobacter spp., Proteus spp., Staphylococcus saprophyticus e Pseudomonas spp. A realização deste exame colabora para determinar o tratamento mais adequado. 

    Quais os perigos de uma infecção urinária na gravidez e como tratar?

    Gestantes com urocultura positiva precisam ser tratadas com antibióticos, independentemente de terem sintomas ou não. Na grávida, a bacteriúria assintomática (BA) é encarada como uma cistite. Como dissemos, as infecções de trato urinário durante a gravidez podem colocar tanto a mãe como o bebê em risco se não forem tratadas de forma rápida e adequada.

    Antibióticos para infecção urinária são usados para tratar a infecção. O tratamento da infecção do trato urinário sintomático não é mudado pela gestação, com exceção de remédios para infecção urinária que causam danos ao feto que têm que ser evitados.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    Tratamentos para infecção urinária

    Tratamentos para infecção urinária devem ser acompanhados por profissionais de saúde, visto que eles determinam que tipo de infecção de trato urinário é o seu. Tratar imediatamente e de forma correta é necessário para que a doença não evolua para algo muito mais grave e perigoso.

    Remédios para infecção urinária incluem antibióticos. O tratamento com o uso de antibiótico para infecção urinária, prescritos pelo médico é o mais recomendado e completo. Em especial são aconselhados para mulheres que sofrem com infecções urinárias regulares. No entanto, sempre que se usa antibióticos, pode causar efeitos colaterais, que podem incluir:

    erupção cutânea;

    tonturas;

    náuseas;

    diarreia.

    Os efeitos colaterais mais graves incluem infecções resistentes a antibióticos ou infecções por Clostridium difficile, que causam diarreia que pode levar a danos graves no cólon e à morte (normalmente essa complicação só ocorre após uso prolongado e de vários antibióticos diferentes). De novo, contacte um profissional de saúde especializado se desenvolver quaisquer efeitos secundários enquanto toma o seu antibiótico.

    Caso você tenha infecções do trato urinário frequentemente (3 vezes ou mais por ano), então deve consultar o seu médico. O seu profissional de saúde poderá querer fazer mais exames (como verificar se a bexiga se esvazia) para descobrir porquê.

    Se continuar a ter infecções urinárias, uma dose mais longa de antibióticos de baixa dose ou tomar um antibiótico após a relação sexual pode ajudar. Existem também métodos de autodiagnóstico que profissionais da saúde podem arranjar que lhe permitam diagnosticar e tratar as suas tais infecções em casa.

    Antibióticos orais

    Se o seu profissional de saúde lhe prescrever antibióticos: Tome-os exatamente como ele lhe disser:

    Não compartilhe os seus antibióticos com outras pessoas.

    Tome os antibióticos no período prescrito. Fale com o seu profissional de saúde sobre a eliminação segura de restos do medicamento.

    Beba muita água.

    O seu profissional de saúde também pode recomendar medicamentos para ajudar a diminuir a dor ou o desconforto. Fale com ele se tiver alguma dúvida sobre os seus antibióticos. Tome os antibióticos durante um sete dias em conformidade com o que seu médico disser. A maioria das mulheres precisa tomá-los durante uma semana. Já os homens, por quase duas.

    Os sintomas costumam desaparecer depois de três dias de tratamento, mas pode demorar cerca de cinco dias para todas as bactérias serem eliminadas do trato urinário. Esse período pode ser maior no caso de homens. É essencial seguir o tratamento à risca, e assim você terminar todos os antibióticos que o médico receitar, a menos que ele indique algo diferente.

    Quando o paciente decide parar o uso da medicação antes do tempo recomendado, o antibiótico não irá eliminar as bactérias. Caso os sintomas persistam após o uso da medicação ou caso não se sinta melhor em alguns dias, entre em contato com o médico.

    Tem algum remédio que não precisa de receita?

    Não. Como os medicamentos usados para tratar infecção urinária são antibióticos, todos eles precisam de receita – receita controlada.

    Medicamentos de venda livre são remédios que você pode comprar sem receita médica. Alguns deles aliviam dores e coceiras. Outros previnem ou curam doenças, como cárie dentária e pé de atleta. Outros ajudam a gerenciar problemas recorrentes, como enxaquecas e alergias. Mas é necessário recordar que a automedicação pode mascarar sintomas mais sérios e prejudicar qualquer tratamento que você esteja fazendo.

    Lembre-se: procure sempre o atendimento de médicos especialistas. O cuidado com a nossa saúde é primordial!

    Conclusão: quanto tempo leva para curar a infecção urinária?

    Em média levam cerca de 3 a 5 dias, as mais simples, porém quando não tratadas de forma correta, com auxílio de especialistas, a situação pode se agravar.

    Vale ressaltar: se você tem sentido algum destes sintomas, ou acredita que possa estar passando por isso, é importante marcar uma consulta com urologista. Procure o nosso atendimento online.

    Referências

    Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

    A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

    Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

    Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.

    Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.

    Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)

    Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada

    Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

    #sintomas #o que causa #antibióticos e outros tratamentos
    View Full
  • esteticaclinicaavancada
    18.01.2022 - 23 hours ago

    sintomas, o que causa, antibióticos e outros tratamentos

    Já procurou saber como anda seu sistema urinário? Você sente dores ou ardência ao urinar? Fique atento: pode ser uma infecção urinária!

    Infecções urinárias são super comuns, ainda assim podem ser incômodas e extremamente desconfortáveis. Elas podem afetar o trato urinário alto (rins, ureteres), o baixo (bexiga e uretra) ou mesmo os dois. Por esse motivo dá para entender perfeitamente porque as pessoas buscam tratá-la o mais rápido possível. 

    Neste artigo vamos falar sobre como identificar os principais sintomas de infecção urinária e quais remédios são indicados para tratamento.

    Sintomas: como é a dor da infecção de urina?

    É essencial diferenciar os sintomas de infecção urinária no trato urinário alto e baixo. Existem diferentes sinais para cada tipo de infecção. A ardência ou dor ao urinar são os sintomas mais comuns. A pessoa sente uma forte vontade ou necessidade de urinar, porém, quando vai urinar, saem apenas algumas gotas. Isto acontece porque a bexiga está tão irritada que faz sentir que temos de urinar constantemente, mesmo quando não tem muita urina. Procure o atendimento médico e tente explicar com o máximo de clareza os sintomas.

    Os sintomas da infecção no trato urinário baixo são: 

    Necessidade de urinar frequentemente

    Urina turva ou com sangue

    Dor no baixo ventre, ou seja, na altura da bexiga

    Odor bastante desagradável na urina e mal-estar, em geral

    Os sintomas da infecção no trato urinário alto são: 

    Febre alta (acima de 38 °C)

    Dor nas costas.

    Náusea e tremedeira descontrolada

    Vômitos e diarreia

    Quando se tem infecção no trato urinário, o revestimento da bexiga e da uretra fica vermelho e irritado, o que dá a sensação de necessidade de urinar com mais frequência, além de dor. A irritação pode causar dor pélvica e na região inferior do abdome. Por vezes as pessoas usam remédio para infecção urinária e assim diminuir os sintomas. Mas é preciso lembrar que a automedicação pode mascarar sintomas e prejudicar o tratamento. 

    É preciso saber o momento exato em que se deve procurar atendimento médico. Em geral, de 25 a 40% dos casos de infecções no trato urinário são leves e se resolvem de forma espontânea. Contudo, existe outra metade dos casos que podem complicar-se quando não se procura ajuda médica apropriada. Marque uma consulta se você sentir febre alta ou piora rápida dos sintomas.

    Os sintomas de infecções urinárias melhoram dentro de poucos dias após a administração de antibióticos. Desde que todos os sintomas sejam resolvidos após o uso dos antibióticos estar completo, não é necessária a realização de exames de cultura de urina para provar que a infecção desapareceu.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    O que causa a infecção urinária?

    O papel do aparelho urinário é produzir e armazenar urina e a urina é um dos produtos residuais do nosso corpo. Ela é produzida nos rins e desce pelos ureteres até à bexiga. A bexiga armazena a urina até ser esvaziada através da uretra, um tubo que liga a bexiga à pele. Nos sexo masculino, a abertura da uretra é na extremidade do pênis, enquanto no feminino é acima da abertura vaginal.

    Muitas bactérias vivem na área em volta da vagina e reto, além de em toda nossa pele. Assim, as bactérias podem entrar na urina através da uretra e viajar até à bexiga e infectar nosso trato urinário. Podendo até mesmo viajar até os rins. Mas, independente de onde, elas são o que causa infecção urinária.

    As infecções podem afetar várias partes do trato urinário, mas o tipo mais comum é uma infecção da bexiga (cistite). A infecção do rim (pielonefrite) é outro tipo de infecção urinária. São menos comuns, mas são bem mais graves do que as infecções da bexiga.

    As infecções renais frequentemente causam náuseas e vômitos. Estas infecções precisam ser tratadas de imediato, porque uma infecção renal pode se alastrar pela corrente sanguínea e causar problemas de saúde mais graves. Em razão disso, é imprescindível procurar ajuda médica, pois o profissional saberá indicar o melhor remédio para infecção urinária nos rins.

    Os rins são um par de órgãos do tamanho de punhos e em forma de feijão, fixados na parede póstero-superior da cavidade abdominal um a cada lado da coluna vertebral. Eles filtram os resíduos líquidos do sangue e os removem do corpo sob a forma de urina. Eles equilibram os níveis de muitos elementos químicos em nosso corpo (sódio, potássio, cálcio, fósforo e outros) e verificam a acidez do sangue. 

    Fatores que aumentam o risco de infecção urinária

    Algumas pessoas correm maior risco de contrair uma infecção no trato urinário. Essas infecções estão mais presentes nas mulheres, isso porque, elas têm uretras mais curtas do que os homens, o que facilita a entrada de bactérias no Sistema Urinário. 

    As infecções de trato urinário podem ser simples e complicadas. As simples são infecções que acontecem em pessoas saudáveis com vias urinárias normais. As mais complicadas acontecem em vias urinárias anormais ou em uma infecção mais grave: com pielonefrite, prostatite, obstrução dos rins ou formação de um abscesso, por exemplo. A maioria das mulheres têm infecções simples, enquanto em homens e crianças existe uma tendência maior a complicações. Outros fatores que podem aumentar o risco de ter problemas de infecção do trato urinário são:

    Uma infecção anterior;

    Atividade sexual;

    Mudanças nas bactérias que vivem dentro da vagina, ou na flora vaginal. (Por exemplo, a menopausa ou o uso de espermicidas pode causar estas alterações bacterianas);

    Gravidez;

    Má higiene;

    Idade (Pessoas mais velhas e crianças pequenas têm mais probabilidades de terem essas infecções);

    Problemas estruturais no trato urinário (sobretudo quando há dificuldade para urinar no dia-a-dia), tais como o aumento da próstata ou alterações congênitas do formato dos rins

    Infecção urinária na gravidez

    A infecção urinária na gravidez é bem comum, ocorrendo em cerca de 2% de todas as gestações. Isso porque, a gestação causa alterações hormonais e físicas no corpo feminino que, em virtude da grande dificuldade com a higiene devido a uma barriga distendida, acaba ocasionando a frequência de infecções do trato urinário. 

    A pielonefrite é uma infecção bem mais grave que causa o aumento das hipóteses das gestantes sofrerem de infecção generalizada, causando até a falência de órgãos e pressão arterial perigosamente baixa.

    Os fatores de risco para as infecções de trato urinário na gravidez incluem mulheres de classe social mais baixa e de idade jovem. 

    Devido à elevada taxa como à potencial gravidade da pielonefrite, recomenda-se que todas as mulheres grávidas sejam acompanhadas nas visitas de pré-natal. Aqui vão alguns pontos indispensáveis para as gestantes:

    Caso você esteja grávida ou tenha diabetes, entre em contato com seu médico rapidamente (Na consulta, é possível ter um diagnóstico exato).

    Talvez o que você acredita ser uma infecção urinária, pode ser uma candidíase ou outra coisa.

    O médico deve pedir um exame de urina para descobrir se você tem infecção urinária e qual bactéria é a causadora. Os resultados costumam levar 48 horas.

    Nestes casos, as gestantes, em sua primeira visita ao obstetra ou entre a 12ª e 16ª semanas de gravidez, devem pedir uma urocultura. Isto é, um exame realizado em laboratório, que procura confirmar a infecção urinária e identificar qual o microrganismo responsável pela infecção, normalmente causada por bactérias das espécies: Escherichia coli, Enterococcus spp., Klebsiella-Enterobacter spp., Proteus spp., Staphylococcus saprophyticus e Pseudomonas spp. A realização deste exame colabora para determinar o tratamento mais adequado. 

    Quais os perigos de uma infecção urinária na gravidez e como tratar?

    Gestantes com urocultura positiva precisam ser tratadas com antibióticos, independentemente de terem sintomas ou não. Na grávida, a bacteriúria assintomática (BA) é encarada como uma cistite. Como dissemos, as infecções de trato urinário durante a gravidez podem colocar tanto a mãe como o bebê em risco se não forem tratadas de forma rápida e adequada.

    Antibióticos para infecção urinária são usados para tratar a infecção. O tratamento da infecção do trato urinário sintomático não é mudado pela gestação, com exceção de remédios para infecção urinária que causam danos ao feto que têm que ser evitados.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    Tratamentos para infecção urinária

    Tratamentos para infecção urinária devem ser acompanhados por profissionais de saúde, visto que eles determinam que tipo de infecção de trato urinário é o seu. Tratar imediatamente e de forma correta é necessário para que a doença não evolua para algo muito mais grave e perigoso.

    Remédios para infecção urinária incluem antibióticos. O tratamento com o uso de antibiótico para infecção urinária, prescritos pelo médico é o mais recomendado e completo. Em especial são aconselhados para mulheres que sofrem com infecções urinárias regulares. No entanto, sempre que se usa antibióticos, pode causar efeitos colaterais, que podem incluir:

    erupção cutânea;

    tonturas;

    náuseas;

    diarreia.

    Os efeitos colaterais mais graves incluem infecções resistentes a antibióticos ou infecções por Clostridium difficile, que causam diarreia que pode levar a danos graves no cólon e à morte (normalmente essa complicação só ocorre após uso prolongado e de vários antibióticos diferentes). De novo, contacte um profissional de saúde especializado se desenvolver quaisquer efeitos secundários enquanto toma o seu antibiótico.

    Caso você tenha infecções do trato urinário frequentemente (3 vezes ou mais por ano), então deve consultar o seu médico. O seu profissional de saúde poderá querer fazer mais exames (como verificar se a bexiga se esvazia) para descobrir porquê.

    Se continuar a ter infecções urinárias, uma dose mais longa de antibióticos de baixa dose ou tomar um antibiótico após a relação sexual pode ajudar. Existem também métodos de autodiagnóstico que profissionais da saúde podem arranjar que lhe permitam diagnosticar e tratar as suas tais infecções em casa.

    Antibióticos orais

    Se o seu profissional de saúde lhe prescrever antibióticos: Tome-os exatamente como ele lhe disser:

    Não compartilhe os seus antibióticos com outras pessoas.

    Tome os antibióticos no período prescrito. Fale com o seu profissional de saúde sobre a eliminação segura de restos do medicamento.

    Beba muita água.

    O seu profissional de saúde também pode recomendar medicamentos para ajudar a diminuir a dor ou o desconforto. Fale com ele se tiver alguma dúvida sobre os seus antibióticos. Tome os antibióticos durante um sete dias em conformidade com o que seu médico disser. A maioria das mulheres precisa tomá-los durante uma semana. Já os homens, por quase duas.

    Os sintomas costumam desaparecer depois de três dias de tratamento, mas pode demorar cerca de cinco dias para todas as bactérias serem eliminadas do trato urinário. Esse período pode ser maior no caso de homens. É essencial seguir o tratamento à risca, e assim você terminar todos os antibióticos que o médico receitar, a menos que ele indique algo diferente.

    Quando o paciente decide parar o uso da medicação antes do tempo recomendado, o antibiótico não irá eliminar as bactérias. Caso os sintomas persistam após o uso da medicação ou caso não se sinta melhor em alguns dias, entre em contato com o médico.

    Tem algum remédio que não precisa de receita?

    Não. Como os medicamentos usados para tratar infecção urinária são antibióticos, todos eles precisam de receita – receita controlada.

    Medicamentos de venda livre são remédios que você pode comprar sem receita médica. Alguns deles aliviam dores e coceiras. Outros previnem ou curam doenças, como cárie dentária e pé de atleta. Outros ajudam a gerenciar problemas recorrentes, como enxaquecas e alergias. Mas é necessário recordar que a automedicação pode mascarar sintomas mais sérios e prejudicar qualquer tratamento que você esteja fazendo.

    Lembre-se: procure sempre o atendimento de médicos especialistas. O cuidado com a nossa saúde é primordial!

    Conclusão: quanto tempo leva para curar a infecção urinária?

    Em média levam cerca de 3 a 5 dias, as mais simples, porém quando não tratadas de forma correta, com auxílio de especialistas, a situação pode se agravar.

    Vale ressaltar: se você tem sentido algum destes sintomas, ou acredita que possa estar passando por isso, é importante marcar uma consulta com urologista. Procure o nosso atendimento online.

    Referências

    Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

    A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

    Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

    Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.

    Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.

    Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)

    Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada

    Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

    #sintomas #o que causa #antibióticos e outros tratamentos
    View Full
  • remediocaseiro
    18.01.2022 - 23 hours ago

    sintomas, o que causa, antibióticos e outros tratamentos

    Já procurou saber como anda seu sistema urinário? Você sente dores ou ardência ao urinar? Fique atento: pode ser uma infecção urinária!

    Infecções urinárias são super comuns, ainda assim podem ser incômodas e extremamente desconfortáveis. Elas podem afetar o trato urinário alto (rins, ureteres), o baixo (bexiga e uretra) ou mesmo os dois. Por esse motivo dá para entender perfeitamente porque as pessoas buscam tratá-la o mais rápido possível. 

    Neste artigo vamos falar sobre como identificar os principais sintomas de infecção urinária e quais remédios são indicados para tratamento.

    Sintomas: como é a dor da infecção de urina?

    É essencial diferenciar os sintomas de infecção urinária no trato urinário alto e baixo. Existem diferentes sinais para cada tipo de infecção. A ardência ou dor ao urinar são os sintomas mais comuns. A pessoa sente uma forte vontade ou necessidade de urinar, porém, quando vai urinar, saem apenas algumas gotas. Isto acontece porque a bexiga está tão irritada que faz sentir que temos de urinar constantemente, mesmo quando não tem muita urina. Procure o atendimento médico e tente explicar com o máximo de clareza os sintomas.

    Os sintomas da infecção no trato urinário baixo são: 

    Necessidade de urinar frequentemente

    Urina turva ou com sangue

    Dor no baixo ventre, ou seja, na altura da bexiga

    Odor bastante desagradável na urina e mal-estar, em geral

    Os sintomas da infecção no trato urinário alto são: 

    Febre alta (acima de 38 °C)

    Dor nas costas.

    Náusea e tremedeira descontrolada

    Vômitos e diarreia

    Quando se tem infecção no trato urinário, o revestimento da bexiga e da uretra fica vermelho e irritado, o que dá a sensação de necessidade de urinar com mais frequência, além de dor. A irritação pode causar dor pélvica e na região inferior do abdome. Por vezes as pessoas usam remédio para infecção urinária e assim diminuir os sintomas. Mas é preciso lembrar que a automedicação pode mascarar sintomas e prejudicar o tratamento. 

    É preciso saber o momento exato em que se deve procurar atendimento médico. Em geral, de 25 a 40% dos casos de infecções no trato urinário são leves e se resolvem de forma espontânea. Contudo, existe outra metade dos casos que podem complicar-se quando não se procura ajuda médica apropriada. Marque uma consulta se você sentir febre alta ou piora rápida dos sintomas.

    Os sintomas de infecções urinárias melhoram dentro de poucos dias após a administração de antibióticos. Desde que todos os sintomas sejam resolvidos após o uso dos antibióticos estar completo, não é necessária a realização de exames de cultura de urina para provar que a infecção desapareceu.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    O que causa a infecção urinária?

    O papel do aparelho urinário é produzir e armazenar urina e a urina é um dos produtos residuais do nosso corpo. Ela é produzida nos rins e desce pelos ureteres até à bexiga. A bexiga armazena a urina até ser esvaziada através da uretra, um tubo que liga a bexiga à pele. Nos sexo masculino, a abertura da uretra é na extremidade do pênis, enquanto no feminino é acima da abertura vaginal.

    Muitas bactérias vivem na área em volta da vagina e reto, além de em toda nossa pele. Assim, as bactérias podem entrar na urina através da uretra e viajar até à bexiga e infectar nosso trato urinário. Podendo até mesmo viajar até os rins. Mas, independente de onde, elas são o que causa infecção urinária.

    As infecções podem afetar várias partes do trato urinário, mas o tipo mais comum é uma infecção da bexiga (cistite). A infecção do rim (pielonefrite) é outro tipo de infecção urinária. São menos comuns, mas são bem mais graves do que as infecções da bexiga.

    As infecções renais frequentemente causam náuseas e vômitos. Estas infecções precisam ser tratadas de imediato, porque uma infecção renal pode se alastrar pela corrente sanguínea e causar problemas de saúde mais graves. Em razão disso, é imprescindível procurar ajuda médica, pois o profissional saberá indicar o melhor remédio para infecção urinária nos rins.

    Os rins são um par de órgãos do tamanho de punhos e em forma de feijão, fixados na parede póstero-superior da cavidade abdominal um a cada lado da coluna vertebral. Eles filtram os resíduos líquidos do sangue e os removem do corpo sob a forma de urina. Eles equilibram os níveis de muitos elementos químicos em nosso corpo (sódio, potássio, cálcio, fósforo e outros) e verificam a acidez do sangue. 

    Fatores que aumentam o risco de infecção urinária

    Algumas pessoas correm maior risco de contrair uma infecção no trato urinário. Essas infecções estão mais presentes nas mulheres, isso porque, elas têm uretras mais curtas do que os homens, o que facilita a entrada de bactérias no Sistema Urinário. 

    As infecções de trato urinário podem ser simples e complicadas. As simples são infecções que acontecem em pessoas saudáveis com vias urinárias normais. As mais complicadas acontecem em vias urinárias anormais ou em uma infecção mais grave: com pielonefrite, prostatite, obstrução dos rins ou formação de um abscesso, por exemplo. A maioria das mulheres têm infecções simples, enquanto em homens e crianças existe uma tendência maior a complicações. Outros fatores que podem aumentar o risco de ter problemas de infecção do trato urinário são:

    Uma infecção anterior;

    Atividade sexual;

    Mudanças nas bactérias que vivem dentro da vagina, ou na flora vaginal. (Por exemplo, a menopausa ou o uso de espermicidas pode causar estas alterações bacterianas);

    Gravidez;

    Má higiene;

    Idade (Pessoas mais velhas e crianças pequenas têm mais probabilidades de terem essas infecções);

    Problemas estruturais no trato urinário (sobretudo quando há dificuldade para urinar no dia-a-dia), tais como o aumento da próstata ou alterações congênitas do formato dos rins

    Infecção urinária na gravidez

    A infecção urinária na gravidez é bem comum, ocorrendo em cerca de 2% de todas as gestações. Isso porque, a gestação causa alterações hormonais e físicas no corpo feminino que, em virtude da grande dificuldade com a higiene devido a uma barriga distendida, acaba ocasionando a frequência de infecções do trato urinário. 

    A pielonefrite é uma infecção bem mais grave que causa o aumento das hipóteses das gestantes sofrerem de infecção generalizada, causando até a falência de órgãos e pressão arterial perigosamente baixa.

    Os fatores de risco para as infecções de trato urinário na gravidez incluem mulheres de classe social mais baixa e de idade jovem. 

    Devido à elevada taxa como à potencial gravidade da pielonefrite, recomenda-se que todas as mulheres grávidas sejam acompanhadas nas visitas de pré-natal. Aqui vão alguns pontos indispensáveis para as gestantes:

    Caso você esteja grávida ou tenha diabetes, entre em contato com seu médico rapidamente (Na consulta, é possível ter um diagnóstico exato).

    Talvez o que você acredita ser uma infecção urinária, pode ser uma candidíase ou outra coisa.

    O médico deve pedir um exame de urina para descobrir se você tem infecção urinária e qual bactéria é a causadora. Os resultados costumam levar 48 horas.

    Nestes casos, as gestantes, em sua primeira visita ao obstetra ou entre a 12ª e 16ª semanas de gravidez, devem pedir uma urocultura. Isto é, um exame realizado em laboratório, que procura confirmar a infecção urinária e identificar qual o microrganismo responsável pela infecção, normalmente causada por bactérias das espécies: Escherichia coli, Enterococcus spp., Klebsiella-Enterobacter spp., Proteus spp., Staphylococcus saprophyticus e Pseudomonas spp. A realização deste exame colabora para determinar o tratamento mais adequado. 

    Quais os perigos de uma infecção urinária na gravidez e como tratar?

    Gestantes com urocultura positiva precisam ser tratadas com antibióticos, independentemente de terem sintomas ou não. Na grávida, a bacteriúria assintomática (BA) é encarada como uma cistite. Como dissemos, as infecções de trato urinário durante a gravidez podem colocar tanto a mãe como o bebê em risco se não forem tratadas de forma rápida e adequada.

    Antibióticos para infecção urinária são usados para tratar a infecção. O tratamento da infecção do trato urinário sintomático não é mudado pela gestação, com exceção de remédios para infecção urinária que causam danos ao feto que têm que ser evitados.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    Tratamentos para infecção urinária

    Tratamentos para infecção urinária devem ser acompanhados por profissionais de saúde, visto que eles determinam que tipo de infecção de trato urinário é o seu. Tratar imediatamente e de forma correta é necessário para que a doença não evolua para algo muito mais grave e perigoso.

    Remédios para infecção urinária incluem antibióticos. O tratamento com o uso de antibiótico para infecção urinária, prescritos pelo médico é o mais recomendado e completo. Em especial são aconselhados para mulheres que sofrem com infecções urinárias regulares. No entanto, sempre que se usa antibióticos, pode causar efeitos colaterais, que podem incluir:

    erupção cutânea;

    tonturas;

    náuseas;

    diarreia.

    Os efeitos colaterais mais graves incluem infecções resistentes a antibióticos ou infecções por Clostridium difficile, que causam diarreia que pode levar a danos graves no cólon e à morte (normalmente essa complicação só ocorre após uso prolongado e de vários antibióticos diferentes). De novo, contacte um profissional de saúde especializado se desenvolver quaisquer efeitos secundários enquanto toma o seu antibiótico.

    Caso você tenha infecções do trato urinário frequentemente (3 vezes ou mais por ano), então deve consultar o seu médico. O seu profissional de saúde poderá querer fazer mais exames (como verificar se a bexiga se esvazia) para descobrir porquê.

    Se continuar a ter infecções urinárias, uma dose mais longa de antibióticos de baixa dose ou tomar um antibiótico após a relação sexual pode ajudar. Existem também métodos de autodiagnóstico que profissionais da saúde podem arranjar que lhe permitam diagnosticar e tratar as suas tais infecções em casa.

    Antibióticos orais

    Se o seu profissional de saúde lhe prescrever antibióticos: Tome-os exatamente como ele lhe disser:

    Não compartilhe os seus antibióticos com outras pessoas.

    Tome os antibióticos no período prescrito. Fale com o seu profissional de saúde sobre a eliminação segura de restos do medicamento.

    Beba muita água.

    O seu profissional de saúde também pode recomendar medicamentos para ajudar a diminuir a dor ou o desconforto. Fale com ele se tiver alguma dúvida sobre os seus antibióticos. Tome os antibióticos durante um sete dias em conformidade com o que seu médico disser. A maioria das mulheres precisa tomá-los durante uma semana. Já os homens, por quase duas.

    Os sintomas costumam desaparecer depois de três dias de tratamento, mas pode demorar cerca de cinco dias para todas as bactérias serem eliminadas do trato urinário. Esse período pode ser maior no caso de homens. É essencial seguir o tratamento à risca, e assim você terminar todos os antibióticos que o médico receitar, a menos que ele indique algo diferente.

    Quando o paciente decide parar o uso da medicação antes do tempo recomendado, o antibiótico não irá eliminar as bactérias. Caso os sintomas persistam após o uso da medicação ou caso não se sinta melhor em alguns dias, entre em contato com o médico.

    Tem algum remédio que não precisa de receita?

    Não. Como os medicamentos usados para tratar infecção urinária são antibióticos, todos eles precisam de receita – receita controlada.

    Medicamentos de venda livre são remédios que você pode comprar sem receita médica. Alguns deles aliviam dores e coceiras. Outros previnem ou curam doenças, como cárie dentária e pé de atleta. Outros ajudam a gerenciar problemas recorrentes, como enxaquecas e alergias. Mas é necessário recordar que a automedicação pode mascarar sintomas mais sérios e prejudicar qualquer tratamento que você esteja fazendo.

    Lembre-se: procure sempre o atendimento de médicos especialistas. O cuidado com a nossa saúde é primordial!

    Conclusão: quanto tempo leva para curar a infecção urinária?

    Em média levam cerca de 3 a 5 dias, as mais simples, porém quando não tratadas de forma correta, com auxílio de especialistas, a situação pode se agravar.

    Vale ressaltar: se você tem sentido algum destes sintomas, ou acredita que possa estar passando por isso, é importante marcar uma consulta com urologista. Procure o nosso atendimento online.

    Referências

    Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

    A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

    Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

    Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.

    Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.

    Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)

    Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada

    Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

    #sintomas #o que causa #antibióticos e outros tratamentos
    View Full
  • carnaubasaude
    18.01.2022 - 23 hours ago

    sintomas, o que causa, antibióticos e outros tratamentos

    Já procurou saber como anda seu sistema urinário? Você sente dores ou ardência ao urinar? Fique atento: pode ser uma infecção urinária!

    Infecções urinárias são super comuns, ainda assim podem ser incômodas e extremamente desconfortáveis. Elas podem afetar o trato urinário alto (rins, ureteres), o baixo (bexiga e uretra) ou mesmo os dois. Por esse motivo dá para entender perfeitamente porque as pessoas buscam tratá-la o mais rápido possível. 

    Neste artigo vamos falar sobre como identificar os principais sintomas de infecção urinária e quais remédios são indicados para tratamento.

    Sintomas: como é a dor da infecção de urina?

    É essencial diferenciar os sintomas de infecção urinária no trato urinário alto e baixo. Existem diferentes sinais para cada tipo de infecção. A ardência ou dor ao urinar são os sintomas mais comuns. A pessoa sente uma forte vontade ou necessidade de urinar, porém, quando vai urinar, saem apenas algumas gotas. Isto acontece porque a bexiga está tão irritada que faz sentir que temos de urinar constantemente, mesmo quando não tem muita urina. Procure o atendimento médico e tente explicar com o máximo de clareza os sintomas.

    Os sintomas da infecção no trato urinário baixo são: 

    Necessidade de urinar frequentemente

    Urina turva ou com sangue

    Dor no baixo ventre, ou seja, na altura da bexiga

    Odor bastante desagradável na urina e mal-estar, em geral

    Os sintomas da infecção no trato urinário alto são: 

    Febre alta (acima de 38 °C)

    Dor nas costas.

    Náusea e tremedeira descontrolada

    Vômitos e diarreia

    Quando se tem infecção no trato urinário, o revestimento da bexiga e da uretra fica vermelho e irritado, o que dá a sensação de necessidade de urinar com mais frequência, além de dor. A irritação pode causar dor pélvica e na região inferior do abdome. Por vezes as pessoas usam remédio para infecção urinária e assim diminuir os sintomas. Mas é preciso lembrar que a automedicação pode mascarar sintomas e prejudicar o tratamento. 

    É preciso saber o momento exato em que se deve procurar atendimento médico. Em geral, de 25 a 40% dos casos de infecções no trato urinário são leves e se resolvem de forma espontânea. Contudo, existe outra metade dos casos que podem complicar-se quando não se procura ajuda médica apropriada. Marque uma consulta se você sentir febre alta ou piora rápida dos sintomas.

    Os sintomas de infecções urinárias melhoram dentro de poucos dias após a administração de antibióticos. Desde que todos os sintomas sejam resolvidos após o uso dos antibióticos estar completo, não é necessária a realização de exames de cultura de urina para provar que a infecção desapareceu.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    O que causa a infecção urinária?

    O papel do aparelho urinário é produzir e armazenar urina e a urina é um dos produtos residuais do nosso corpo. Ela é produzida nos rins e desce pelos ureteres até à bexiga. A bexiga armazena a urina até ser esvaziada através da uretra, um tubo que liga a bexiga à pele. Nos sexo masculino, a abertura da uretra é na extremidade do pênis, enquanto no feminino é acima da abertura vaginal.

    Muitas bactérias vivem na área em volta da vagina e reto, além de em toda nossa pele. Assim, as bactérias podem entrar na urina através da uretra e viajar até à bexiga e infectar nosso trato urinário. Podendo até mesmo viajar até os rins. Mas, independente de onde, elas são o que causa infecção urinária.

    As infecções podem afetar várias partes do trato urinário, mas o tipo mais comum é uma infecção da bexiga (cistite). A infecção do rim (pielonefrite) é outro tipo de infecção urinária. São menos comuns, mas são bem mais graves do que as infecções da bexiga.

    As infecções renais frequentemente causam náuseas e vômitos. Estas infecções precisam ser tratadas de imediato, porque uma infecção renal pode se alastrar pela corrente sanguínea e causar problemas de saúde mais graves. Em razão disso, é imprescindível procurar ajuda médica, pois o profissional saberá indicar o melhor remédio para infecção urinária nos rins.

    Os rins são um par de órgãos do tamanho de punhos e em forma de feijão, fixados na parede póstero-superior da cavidade abdominal um a cada lado da coluna vertebral. Eles filtram os resíduos líquidos do sangue e os removem do corpo sob a forma de urina. Eles equilibram os níveis de muitos elementos químicos em nosso corpo (sódio, potássio, cálcio, fósforo e outros) e verificam a acidez do sangue. 

    Fatores que aumentam o risco de infecção urinária

    Algumas pessoas correm maior risco de contrair uma infecção no trato urinário. Essas infecções estão mais presentes nas mulheres, isso porque, elas têm uretras mais curtas do que os homens, o que facilita a entrada de bactérias no Sistema Urinário. 

    As infecções de trato urinário podem ser simples e complicadas. As simples são infecções que acontecem em pessoas saudáveis com vias urinárias normais. As mais complicadas acontecem em vias urinárias anormais ou em uma infecção mais grave: com pielonefrite, prostatite, obstrução dos rins ou formação de um abscesso, por exemplo. A maioria das mulheres têm infecções simples, enquanto em homens e crianças existe uma tendência maior a complicações. Outros fatores que podem aumentar o risco de ter problemas de infecção do trato urinário são:

    Uma infecção anterior;

    Atividade sexual;

    Mudanças nas bactérias que vivem dentro da vagina, ou na flora vaginal. (Por exemplo, a menopausa ou o uso de espermicidas pode causar estas alterações bacterianas);

    Gravidez;

    Má higiene;

    Idade (Pessoas mais velhas e crianças pequenas têm mais probabilidades de terem essas infecções);

    Problemas estruturais no trato urinário (sobretudo quando há dificuldade para urinar no dia-a-dia), tais como o aumento da próstata ou alterações congênitas do formato dos rins

    Infecção urinária na gravidez

    A infecção urinária na gravidez é bem comum, ocorrendo em cerca de 2% de todas as gestações. Isso porque, a gestação causa alterações hormonais e físicas no corpo feminino que, em virtude da grande dificuldade com a higiene devido a uma barriga distendida, acaba ocasionando a frequência de infecções do trato urinário. 

    A pielonefrite é uma infecção bem mais grave que causa o aumento das hipóteses das gestantes sofrerem de infecção generalizada, causando até a falência de órgãos e pressão arterial perigosamente baixa.

    Os fatores de risco para as infecções de trato urinário na gravidez incluem mulheres de classe social mais baixa e de idade jovem. 

    Devido à elevada taxa como à potencial gravidade da pielonefrite, recomenda-se que todas as mulheres grávidas sejam acompanhadas nas visitas de pré-natal. Aqui vão alguns pontos indispensáveis para as gestantes:

    Caso você esteja grávida ou tenha diabetes, entre em contato com seu médico rapidamente (Na consulta, é possível ter um diagnóstico exato).

    Talvez o que você acredita ser uma infecção urinária, pode ser uma candidíase ou outra coisa.

    O médico deve pedir um exame de urina para descobrir se você tem infecção urinária e qual bactéria é a causadora. Os resultados costumam levar 48 horas.

    Nestes casos, as gestantes, em sua primeira visita ao obstetra ou entre a 12ª e 16ª semanas de gravidez, devem pedir uma urocultura. Isto é, um exame realizado em laboratório, que procura confirmar a infecção urinária e identificar qual o microrganismo responsável pela infecção, normalmente causada por bactérias das espécies: Escherichia coli, Enterococcus spp., Klebsiella-Enterobacter spp., Proteus spp., Staphylococcus saprophyticus e Pseudomonas spp. A realização deste exame colabora para determinar o tratamento mais adequado. 

    Quais os perigos de uma infecção urinária na gravidez e como tratar?

    Gestantes com urocultura positiva precisam ser tratadas com antibióticos, independentemente de terem sintomas ou não. Na grávida, a bacteriúria assintomática (BA) é encarada como uma cistite. Como dissemos, as infecções de trato urinário durante a gravidez podem colocar tanto a mãe como o bebê em risco se não forem tratadas de forma rápida e adequada.

    Antibióticos para infecção urinária são usados para tratar a infecção. O tratamento da infecção do trato urinário sintomático não é mudado pela gestação, com exceção de remédios para infecção urinária que causam danos ao feto que têm que ser evitados.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    Tratamentos para infecção urinária

    Tratamentos para infecção urinária devem ser acompanhados por profissionais de saúde, visto que eles determinam que tipo de infecção de trato urinário é o seu. Tratar imediatamente e de forma correta é necessário para que a doença não evolua para algo muito mais grave e perigoso.

    Remédios para infecção urinária incluem antibióticos. O tratamento com o uso de antibiótico para infecção urinária, prescritos pelo médico é o mais recomendado e completo. Em especial são aconselhados para mulheres que sofrem com infecções urinárias regulares. No entanto, sempre que se usa antibióticos, pode causar efeitos colaterais, que podem incluir:

    erupção cutânea;

    tonturas;

    náuseas;

    diarreia.

    Os efeitos colaterais mais graves incluem infecções resistentes a antibióticos ou infecções por Clostridium difficile, que causam diarreia que pode levar a danos graves no cólon e à morte (normalmente essa complicação só ocorre após uso prolongado e de vários antibióticos diferentes). De novo, contacte um profissional de saúde especializado se desenvolver quaisquer efeitos secundários enquanto toma o seu antibiótico.

    Caso você tenha infecções do trato urinário frequentemente (3 vezes ou mais por ano), então deve consultar o seu médico. O seu profissional de saúde poderá querer fazer mais exames (como verificar se a bexiga se esvazia) para descobrir porquê.

    Se continuar a ter infecções urinárias, uma dose mais longa de antibióticos de baixa dose ou tomar um antibiótico após a relação sexual pode ajudar. Existem também métodos de autodiagnóstico que profissionais da saúde podem arranjar que lhe permitam diagnosticar e tratar as suas tais infecções em casa.

    Antibióticos orais

    Se o seu profissional de saúde lhe prescrever antibióticos: Tome-os exatamente como ele lhe disser:

    Não compartilhe os seus antibióticos com outras pessoas.

    Tome os antibióticos no período prescrito. Fale com o seu profissional de saúde sobre a eliminação segura de restos do medicamento.

    Beba muita água.

    O seu profissional de saúde também pode recomendar medicamentos para ajudar a diminuir a dor ou o desconforto. Fale com ele se tiver alguma dúvida sobre os seus antibióticos. Tome os antibióticos durante um sete dias em conformidade com o que seu médico disser. A maioria das mulheres precisa tomá-los durante uma semana. Já os homens, por quase duas.

    Os sintomas costumam desaparecer depois de três dias de tratamento, mas pode demorar cerca de cinco dias para todas as bactérias serem eliminadas do trato urinário. Esse período pode ser maior no caso de homens. É essencial seguir o tratamento à risca, e assim você terminar todos os antibióticos que o médico receitar, a menos que ele indique algo diferente.

    Quando o paciente decide parar o uso da medicação antes do tempo recomendado, o antibiótico não irá eliminar as bactérias. Caso os sintomas persistam após o uso da medicação ou caso não se sinta melhor em alguns dias, entre em contato com o médico.

    Tem algum remédio que não precisa de receita?

    Não. Como os medicamentos usados para tratar infecção urinária são antibióticos, todos eles precisam de receita – receita controlada.

    Medicamentos de venda livre são remédios que você pode comprar sem receita médica. Alguns deles aliviam dores e coceiras. Outros previnem ou curam doenças, como cárie dentária e pé de atleta. Outros ajudam a gerenciar problemas recorrentes, como enxaquecas e alergias. Mas é necessário recordar que a automedicação pode mascarar sintomas mais sérios e prejudicar qualquer tratamento que você esteja fazendo.

    Lembre-se: procure sempre o atendimento de médicos especialistas. O cuidado com a nossa saúde é primordial!

    Conclusão: quanto tempo leva para curar a infecção urinária?

    Em média levam cerca de 3 a 5 dias, as mais simples, porém quando não tratadas de forma correta, com auxílio de especialistas, a situação pode se agravar.

    Vale ressaltar: se você tem sentido algum destes sintomas, ou acredita que possa estar passando por isso, é importante marcar uma consulta com urologista. Procure o nosso atendimento online.

    Referências

    Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

    A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

    Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

    Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.

    Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.

    Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)

    Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada

    Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

    #sintomas #o que causa #antibióticos e outros tratamentos
    View Full
  • acabarcomainsonia
    18.01.2022 - 23 hours ago

    sintomas, o que causa, antibióticos e outros tratamentos

    Já procurou saber como anda seu sistema urinário? Você sente dores ou ardência ao urinar? Fique atento: pode ser uma infecção urinária!

    Infecções urinárias são super comuns, ainda assim podem ser incômodas e extremamente desconfortáveis. Elas podem afetar o trato urinário alto (rins, ureteres), o baixo (bexiga e uretra) ou mesmo os dois. Por esse motivo dá para entender perfeitamente porque as pessoas buscam tratá-la o mais rápido possível. 

    Neste artigo vamos falar sobre como identificar os principais sintomas de infecção urinária e quais remédios são indicados para tratamento.

    Sintomas: como é a dor da infecção de urina?

    É essencial diferenciar os sintomas de infecção urinária no trato urinário alto e baixo. Existem diferentes sinais para cada tipo de infecção. A ardência ou dor ao urinar são os sintomas mais comuns. A pessoa sente uma forte vontade ou necessidade de urinar, porém, quando vai urinar, saem apenas algumas gotas. Isto acontece porque a bexiga está tão irritada que faz sentir que temos de urinar constantemente, mesmo quando não tem muita urina. Procure o atendimento médico e tente explicar com o máximo de clareza os sintomas.

    Os sintomas da infecção no trato urinário baixo são: 

    Necessidade de urinar frequentemente

    Urina turva ou com sangue

    Dor no baixo ventre, ou seja, na altura da bexiga

    Odor bastante desagradável na urina e mal-estar, em geral

    Os sintomas da infecção no trato urinário alto são: 

    Febre alta (acima de 38 °C)

    Dor nas costas.

    Náusea e tremedeira descontrolada

    Vômitos e diarreia

    Quando se tem infecção no trato urinário, o revestimento da bexiga e da uretra fica vermelho e irritado, o que dá a sensação de necessidade de urinar com mais frequência, além de dor. A irritação pode causar dor pélvica e na região inferior do abdome. Por vezes as pessoas usam remédio para infecção urinária e assim diminuir os sintomas. Mas é preciso lembrar que a automedicação pode mascarar sintomas e prejudicar o tratamento. 

    É preciso saber o momento exato em que se deve procurar atendimento médico. Em geral, de 25 a 40% dos casos de infecções no trato urinário são leves e se resolvem de forma espontânea. Contudo, existe outra metade dos casos que podem complicar-se quando não se procura ajuda médica apropriada. Marque uma consulta se você sentir febre alta ou piora rápida dos sintomas.

    Os sintomas de infecções urinárias melhoram dentro de poucos dias após a administração de antibióticos. Desde que todos os sintomas sejam resolvidos após o uso dos antibióticos estar completo, não é necessária a realização de exames de cultura de urina para provar que a infecção desapareceu.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    O que causa a infecção urinária?

    O papel do aparelho urinário é produzir e armazenar urina e a urina é um dos produtos residuais do nosso corpo. Ela é produzida nos rins e desce pelos ureteres até à bexiga. A bexiga armazena a urina até ser esvaziada através da uretra, um tubo que liga a bexiga à pele. Nos sexo masculino, a abertura da uretra é na extremidade do pênis, enquanto no feminino é acima da abertura vaginal.

    Muitas bactérias vivem na área em volta da vagina e reto, além de em toda nossa pele. Assim, as bactérias podem entrar na urina através da uretra e viajar até à bexiga e infectar nosso trato urinário. Podendo até mesmo viajar até os rins. Mas, independente de onde, elas são o que causa infecção urinária.

    As infecções podem afetar várias partes do trato urinário, mas o tipo mais comum é uma infecção da bexiga (cistite). A infecção do rim (pielonefrite) é outro tipo de infecção urinária. São menos comuns, mas são bem mais graves do que as infecções da bexiga.

    As infecções renais frequentemente causam náuseas e vômitos. Estas infecções precisam ser tratadas de imediato, porque uma infecção renal pode se alastrar pela corrente sanguínea e causar problemas de saúde mais graves. Em razão disso, é imprescindível procurar ajuda médica, pois o profissional saberá indicar o melhor remédio para infecção urinária nos rins.

    Os rins são um par de órgãos do tamanho de punhos e em forma de feijão, fixados na parede póstero-superior da cavidade abdominal um a cada lado da coluna vertebral. Eles filtram os resíduos líquidos do sangue e os removem do corpo sob a forma de urina. Eles equilibram os níveis de muitos elementos químicos em nosso corpo (sódio, potássio, cálcio, fósforo e outros) e verificam a acidez do sangue. 

    Fatores que aumentam o risco de infecção urinária

    Algumas pessoas correm maior risco de contrair uma infecção no trato urinário. Essas infecções estão mais presentes nas mulheres, isso porque, elas têm uretras mais curtas do que os homens, o que facilita a entrada de bactérias no Sistema Urinário. 

    As infecções de trato urinário podem ser simples e complicadas. As simples são infecções que acontecem em pessoas saudáveis com vias urinárias normais. As mais complicadas acontecem em vias urinárias anormais ou em uma infecção mais grave: com pielonefrite, prostatite, obstrução dos rins ou formação de um abscesso, por exemplo. A maioria das mulheres têm infecções simples, enquanto em homens e crianças existe uma tendência maior a complicações. Outros fatores que podem aumentar o risco de ter problemas de infecção do trato urinário são:

    Uma infecção anterior;

    Atividade sexual;

    Mudanças nas bactérias que vivem dentro da vagina, ou na flora vaginal. (Por exemplo, a menopausa ou o uso de espermicidas pode causar estas alterações bacterianas);

    Gravidez;

    Má higiene;

    Idade (Pessoas mais velhas e crianças pequenas têm mais probabilidades de terem essas infecções);

    Problemas estruturais no trato urinário (sobretudo quando há dificuldade para urinar no dia-a-dia), tais como o aumento da próstata ou alterações congênitas do formato dos rins

    Infecção urinária na gravidez

    A infecção urinária na gravidez é bem comum, ocorrendo em cerca de 2% de todas as gestações. Isso porque, a gestação causa alterações hormonais e físicas no corpo feminino que, em virtude da grande dificuldade com a higiene devido a uma barriga distendida, acaba ocasionando a frequência de infecções do trato urinário. 

    A pielonefrite é uma infecção bem mais grave que causa o aumento das hipóteses das gestantes sofrerem de infecção generalizada, causando até a falência de órgãos e pressão arterial perigosamente baixa.

    Os fatores de risco para as infecções de trato urinário na gravidez incluem mulheres de classe social mais baixa e de idade jovem. 

    Devido à elevada taxa como à potencial gravidade da pielonefrite, recomenda-se que todas as mulheres grávidas sejam acompanhadas nas visitas de pré-natal. Aqui vão alguns pontos indispensáveis para as gestantes:

    Caso você esteja grávida ou tenha diabetes, entre em contato com seu médico rapidamente (Na consulta, é possível ter um diagnóstico exato).

    Talvez o que você acredita ser uma infecção urinária, pode ser uma candidíase ou outra coisa.

    O médico deve pedir um exame de urina para descobrir se você tem infecção urinária e qual bactéria é a causadora. Os resultados costumam levar 48 horas.

    Nestes casos, as gestantes, em sua primeira visita ao obstetra ou entre a 12ª e 16ª semanas de gravidez, devem pedir uma urocultura. Isto é, um exame realizado em laboratório, que procura confirmar a infecção urinária e identificar qual o microrganismo responsável pela infecção, normalmente causada por bactérias das espécies: Escherichia coli, Enterococcus spp., Klebsiella-Enterobacter spp., Proteus spp., Staphylococcus saprophyticus e Pseudomonas spp. A realização deste exame colabora para determinar o tratamento mais adequado. 

    Quais os perigos de uma infecção urinária na gravidez e como tratar?

    Gestantes com urocultura positiva precisam ser tratadas com antibióticos, independentemente de terem sintomas ou não. Na grávida, a bacteriúria assintomática (BA) é encarada como uma cistite. Como dissemos, as infecções de trato urinário durante a gravidez podem colocar tanto a mãe como o bebê em risco se não forem tratadas de forma rápida e adequada.

    Antibióticos para infecção urinária são usados para tratar a infecção. O tratamento da infecção do trato urinário sintomático não é mudado pela gestação, com exceção de remédios para infecção urinária que causam danos ao feto que têm que ser evitados.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    Tratamentos para infecção urinária

    Tratamentos para infecção urinária devem ser acompanhados por profissionais de saúde, visto que eles determinam que tipo de infecção de trato urinário é o seu. Tratar imediatamente e de forma correta é necessário para que a doença não evolua para algo muito mais grave e perigoso.

    Remédios para infecção urinária incluem antibióticos. O tratamento com o uso de antibiótico para infecção urinária, prescritos pelo médico é o mais recomendado e completo. Em especial são aconselhados para mulheres que sofrem com infecções urinárias regulares. No entanto, sempre que se usa antibióticos, pode causar efeitos colaterais, que podem incluir:

    erupção cutânea;

    tonturas;

    náuseas;

    diarreia.

    Os efeitos colaterais mais graves incluem infecções resistentes a antibióticos ou infecções por Clostridium difficile, que causam diarreia que pode levar a danos graves no cólon e à morte (normalmente essa complicação só ocorre após uso prolongado e de vários antibióticos diferentes). De novo, contacte um profissional de saúde especializado se desenvolver quaisquer efeitos secundários enquanto toma o seu antibiótico.

    Caso você tenha infecções do trato urinário frequentemente (3 vezes ou mais por ano), então deve consultar o seu médico. O seu profissional de saúde poderá querer fazer mais exames (como verificar se a bexiga se esvazia) para descobrir porquê.

    Se continuar a ter infecções urinárias, uma dose mais longa de antibióticos de baixa dose ou tomar um antibiótico após a relação sexual pode ajudar. Existem também métodos de autodiagnóstico que profissionais da saúde podem arranjar que lhe permitam diagnosticar e tratar as suas tais infecções em casa.

    Antibióticos orais

    Se o seu profissional de saúde lhe prescrever antibióticos: Tome-os exatamente como ele lhe disser:

    Não compartilhe os seus antibióticos com outras pessoas.

    Tome os antibióticos no período prescrito. Fale com o seu profissional de saúde sobre a eliminação segura de restos do medicamento.

    Beba muita água.

    O seu profissional de saúde também pode recomendar medicamentos para ajudar a diminuir a dor ou o desconforto. Fale com ele se tiver alguma dúvida sobre os seus antibióticos. Tome os antibióticos durante um sete dias em conformidade com o que seu médico disser. A maioria das mulheres precisa tomá-los durante uma semana. Já os homens, por quase duas.

    Os sintomas costumam desaparecer depois de três dias de tratamento, mas pode demorar cerca de cinco dias para todas as bactérias serem eliminadas do trato urinário. Esse período pode ser maior no caso de homens. É essencial seguir o tratamento à risca, e assim você terminar todos os antibióticos que o médico receitar, a menos que ele indique algo diferente.

    Quando o paciente decide parar o uso da medicação antes do tempo recomendado, o antibiótico não irá eliminar as bactérias. Caso os sintomas persistam após o uso da medicação ou caso não se sinta melhor em alguns dias, entre em contato com o médico.

    Tem algum remédio que não precisa de receita?

    Não. Como os medicamentos usados para tratar infecção urinária são antibióticos, todos eles precisam de receita – receita controlada.

    Medicamentos de venda livre são remédios que você pode comprar sem receita médica. Alguns deles aliviam dores e coceiras. Outros previnem ou curam doenças, como cárie dentária e pé de atleta. Outros ajudam a gerenciar problemas recorrentes, como enxaquecas e alergias. Mas é necessário recordar que a automedicação pode mascarar sintomas mais sérios e prejudicar qualquer tratamento que você esteja fazendo.

    Lembre-se: procure sempre o atendimento de médicos especialistas. O cuidado com a nossa saúde é primordial!

    Conclusão: quanto tempo leva para curar a infecção urinária?

    Em média levam cerca de 3 a 5 dias, as mais simples, porém quando não tratadas de forma correta, com auxílio de especialistas, a situação pode se agravar.

    Vale ressaltar: se você tem sentido algum destes sintomas, ou acredita que possa estar passando por isso, é importante marcar uma consulta com urologista. Procure o nosso atendimento online.

    Referências

    Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

    A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

    Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

    Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.

    Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.

    Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)

    Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada

    Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

    #sintomas #o que causa #antibióticos e outros tratamentos
    View Full
  • dicasrotinasaudavel
    18.01.2022 - 23 hours ago

    sintomas, o que causa, antibióticos e outros tratamentos

    Já procurou saber como anda seu sistema urinário? Você sente dores ou ardência ao urinar? Fique atento: pode ser uma infecção urinária!

    Infecções urinárias são super comuns, ainda assim podem ser incômodas e extremamente desconfortáveis. Elas podem afetar o trato urinário alto (rins, ureteres), o baixo (bexiga e uretra) ou mesmo os dois. Por esse motivo dá para entender perfeitamente porque as pessoas buscam tratá-la o mais rápido possível. 

    Neste artigo vamos falar sobre como identificar os principais sintomas de infecção urinária e quais remédios são indicados para tratamento.

    Sintomas: como é a dor da infecção de urina?

    É essencial diferenciar os sintomas de infecção urinária no trato urinário alto e baixo. Existem diferentes sinais para cada tipo de infecção. A ardência ou dor ao urinar são os sintomas mais comuns. A pessoa sente uma forte vontade ou necessidade de urinar, porém, quando vai urinar, saem apenas algumas gotas. Isto acontece porque a bexiga está tão irritada que faz sentir que temos de urinar constantemente, mesmo quando não tem muita urina. Procure o atendimento médico e tente explicar com o máximo de clareza os sintomas.

    Os sintomas da infecção no trato urinário baixo são: 

    Necessidade de urinar frequentemente

    Urina turva ou com sangue

    Dor no baixo ventre, ou seja, na altura da bexiga

    Odor bastante desagradável na urina e mal-estar, em geral

    Os sintomas da infecção no trato urinário alto são: 

    Febre alta (acima de 38 °C)

    Dor nas costas.

    Náusea e tremedeira descontrolada

    Vômitos e diarreia

    Quando se tem infecção no trato urinário, o revestimento da bexiga e da uretra fica vermelho e irritado, o que dá a sensação de necessidade de urinar com mais frequência, além de dor. A irritação pode causar dor pélvica e na região inferior do abdome. Por vezes as pessoas usam remédio para infecção urinária e assim diminuir os sintomas. Mas é preciso lembrar que a automedicação pode mascarar sintomas e prejudicar o tratamento. 

    É preciso saber o momento exato em que se deve procurar atendimento médico. Em geral, de 25 a 40% dos casos de infecções no trato urinário são leves e se resolvem de forma espontânea. Contudo, existe outra metade dos casos que podem complicar-se quando não se procura ajuda médica apropriada. Marque uma consulta se você sentir febre alta ou piora rápida dos sintomas.

    Os sintomas de infecções urinárias melhoram dentro de poucos dias após a administração de antibióticos. Desde que todos os sintomas sejam resolvidos após o uso dos antibióticos estar completo, não é necessária a realização de exames de cultura de urina para provar que a infecção desapareceu.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    O que causa a infecção urinária?

    O papel do aparelho urinário é produzir e armazenar urina e a urina é um dos produtos residuais do nosso corpo. Ela é produzida nos rins e desce pelos ureteres até à bexiga. A bexiga armazena a urina até ser esvaziada através da uretra, um tubo que liga a bexiga à pele. Nos sexo masculino, a abertura da uretra é na extremidade do pênis, enquanto no feminino é acima da abertura vaginal.

    Muitas bactérias vivem na área em volta da vagina e reto, além de em toda nossa pele. Assim, as bactérias podem entrar na urina através da uretra e viajar até à bexiga e infectar nosso trato urinário. Podendo até mesmo viajar até os rins. Mas, independente de onde, elas são o que causa infecção urinária.

    As infecções podem afetar várias partes do trato urinário, mas o tipo mais comum é uma infecção da bexiga (cistite). A infecção do rim (pielonefrite) é outro tipo de infecção urinária. São menos comuns, mas são bem mais graves do que as infecções da bexiga.

    As infecções renais frequentemente causam náuseas e vômitos. Estas infecções precisam ser tratadas de imediato, porque uma infecção renal pode se alastrar pela corrente sanguínea e causar problemas de saúde mais graves. Em razão disso, é imprescindível procurar ajuda médica, pois o profissional saberá indicar o melhor remédio para infecção urinária nos rins.

    Os rins são um par de órgãos do tamanho de punhos e em forma de feijão, fixados na parede póstero-superior da cavidade abdominal um a cada lado da coluna vertebral. Eles filtram os resíduos líquidos do sangue e os removem do corpo sob a forma de urina. Eles equilibram os níveis de muitos elementos químicos em nosso corpo (sódio, potássio, cálcio, fósforo e outros) e verificam a acidez do sangue. 

    Fatores que aumentam o risco de infecção urinária

    Algumas pessoas correm maior risco de contrair uma infecção no trato urinário. Essas infecções estão mais presentes nas mulheres, isso porque, elas têm uretras mais curtas do que os homens, o que facilita a entrada de bactérias no Sistema Urinário. 

    As infecções de trato urinário podem ser simples e complicadas. As simples são infecções que acontecem em pessoas saudáveis com vias urinárias normais. As mais complicadas acontecem em vias urinárias anormais ou em uma infecção mais grave: com pielonefrite, prostatite, obstrução dos rins ou formação de um abscesso, por exemplo. A maioria das mulheres têm infecções simples, enquanto em homens e crianças existe uma tendência maior a complicações. Outros fatores que podem aumentar o risco de ter problemas de infecção do trato urinário são:

    Uma infecção anterior;

    Atividade sexual;

    Mudanças nas bactérias que vivem dentro da vagina, ou na flora vaginal. (Por exemplo, a menopausa ou o uso de espermicidas pode causar estas alterações bacterianas);

    Gravidez;

    Má higiene;

    Idade (Pessoas mais velhas e crianças pequenas têm mais probabilidades de terem essas infecções);

    Problemas estruturais no trato urinário (sobretudo quando há dificuldade para urinar no dia-a-dia), tais como o aumento da próstata ou alterações congênitas do formato dos rins

    Infecção urinária na gravidez

    A infecção urinária na gravidez é bem comum, ocorrendo em cerca de 2% de todas as gestações. Isso porque, a gestação causa alterações hormonais e físicas no corpo feminino que, em virtude da grande dificuldade com a higiene devido a uma barriga distendida, acaba ocasionando a frequência de infecções do trato urinário. 

    A pielonefrite é uma infecção bem mais grave que causa o aumento das hipóteses das gestantes sofrerem de infecção generalizada, causando até a falência de órgãos e pressão arterial perigosamente baixa.

    Os fatores de risco para as infecções de trato urinário na gravidez incluem mulheres de classe social mais baixa e de idade jovem. 

    Devido à elevada taxa como à potencial gravidade da pielonefrite, recomenda-se que todas as mulheres grávidas sejam acompanhadas nas visitas de pré-natal. Aqui vão alguns pontos indispensáveis para as gestantes:

    Caso você esteja grávida ou tenha diabetes, entre em contato com seu médico rapidamente (Na consulta, é possível ter um diagnóstico exato).

    Talvez o que você acredita ser uma infecção urinária, pode ser uma candidíase ou outra coisa.

    O médico deve pedir um exame de urina para descobrir se você tem infecção urinária e qual bactéria é a causadora. Os resultados costumam levar 48 horas.

    Nestes casos, as gestantes, em sua primeira visita ao obstetra ou entre a 12ª e 16ª semanas de gravidez, devem pedir uma urocultura. Isto é, um exame realizado em laboratório, que procura confirmar a infecção urinária e identificar qual o microrganismo responsável pela infecção, normalmente causada por bactérias das espécies: Escherichia coli, Enterococcus spp., Klebsiella-Enterobacter spp., Proteus spp., Staphylococcus saprophyticus e Pseudomonas spp. A realização deste exame colabora para determinar o tratamento mais adequado. 

    Quais os perigos de uma infecção urinária na gravidez e como tratar?

    Gestantes com urocultura positiva precisam ser tratadas com antibióticos, independentemente de terem sintomas ou não. Na grávida, a bacteriúria assintomática (BA) é encarada como uma cistite. Como dissemos, as infecções de trato urinário durante a gravidez podem colocar tanto a mãe como o bebê em risco se não forem tratadas de forma rápida e adequada.

    Antibióticos para infecção urinária são usados para tratar a infecção. O tratamento da infecção do trato urinário sintomático não é mudado pela gestação, com exceção de remédios para infecção urinária que causam danos ao feto que têm que ser evitados.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    Tratamentos para infecção urinária

    Tratamentos para infecção urinária devem ser acompanhados por profissionais de saúde, visto que eles determinam que tipo de infecção de trato urinário é o seu. Tratar imediatamente e de forma correta é necessário para que a doença não evolua para algo muito mais grave e perigoso.

    Remédios para infecção urinária incluem antibióticos. O tratamento com o uso de antibiótico para infecção urinária, prescritos pelo médico é o mais recomendado e completo. Em especial são aconselhados para mulheres que sofrem com infecções urinárias regulares. No entanto, sempre que se usa antibióticos, pode causar efeitos colaterais, que podem incluir:

    erupção cutânea;

    tonturas;

    náuseas;

    diarreia.

    Os efeitos colaterais mais graves incluem infecções resistentes a antibióticos ou infecções por Clostridium difficile, que causam diarreia que pode levar a danos graves no cólon e à morte (normalmente essa complicação só ocorre após uso prolongado e de vários antibióticos diferentes). De novo, contacte um profissional de saúde especializado se desenvolver quaisquer efeitos secundários enquanto toma o seu antibiótico.

    Caso você tenha infecções do trato urinário frequentemente (3 vezes ou mais por ano), então deve consultar o seu médico. O seu profissional de saúde poderá querer fazer mais exames (como verificar se a bexiga se esvazia) para descobrir porquê.

    Se continuar a ter infecções urinárias, uma dose mais longa de antibióticos de baixa dose ou tomar um antibiótico após a relação sexual pode ajudar. Existem também métodos de autodiagnóstico que profissionais da saúde podem arranjar que lhe permitam diagnosticar e tratar as suas tais infecções em casa.

    Antibióticos orais

    Se o seu profissional de saúde lhe prescrever antibióticos: Tome-os exatamente como ele lhe disser:

    Não compartilhe os seus antibióticos com outras pessoas.

    Tome os antibióticos no período prescrito. Fale com o seu profissional de saúde sobre a eliminação segura de restos do medicamento.

    Beba muita água.

    O seu profissional de saúde também pode recomendar medicamentos para ajudar a diminuir a dor ou o desconforto. Fale com ele se tiver alguma dúvida sobre os seus antibióticos. Tome os antibióticos durante um sete dias em conformidade com o que seu médico disser. A maioria das mulheres precisa tomá-los durante uma semana. Já os homens, por quase duas.

    Os sintomas costumam desaparecer depois de três dias de tratamento, mas pode demorar cerca de cinco dias para todas as bactérias serem eliminadas do trato urinário. Esse período pode ser maior no caso de homens. É essencial seguir o tratamento à risca, e assim você terminar todos os antibióticos que o médico receitar, a menos que ele indique algo diferente.

    Quando o paciente decide parar o uso da medicação antes do tempo recomendado, o antibiótico não irá eliminar as bactérias. Caso os sintomas persistam após o uso da medicação ou caso não se sinta melhor em alguns dias, entre em contato com o médico.

    Tem algum remédio que não precisa de receita?

    Não. Como os medicamentos usados para tratar infecção urinária são antibióticos, todos eles precisam de receita – receita controlada.

    Medicamentos de venda livre são remédios que você pode comprar sem receita médica. Alguns deles aliviam dores e coceiras. Outros previnem ou curam doenças, como cárie dentária e pé de atleta. Outros ajudam a gerenciar problemas recorrentes, como enxaquecas e alergias. Mas é necessário recordar que a automedicação pode mascarar sintomas mais sérios e prejudicar qualquer tratamento que você esteja fazendo.

    Lembre-se: procure sempre o atendimento de médicos especialistas. O cuidado com a nossa saúde é primordial!

    Conclusão: quanto tempo leva para curar a infecção urinária?

    Em média levam cerca de 3 a 5 dias, as mais simples, porém quando não tratadas de forma correta, com auxílio de especialistas, a situação pode se agravar.

    Vale ressaltar: se você tem sentido algum destes sintomas, ou acredita que possa estar passando por isso, é importante marcar uma consulta com urologista. Procure o nosso atendimento online.

    Referências

    Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

    A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

    Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

    Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.

    Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.

    Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)

    Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada

    Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

    #sintomas #o que causa #antibióticos e outros tratamentos
    View Full
  • oblogdapaty
    18.01.2022 - 23 hours ago

    sintomas, o que causa, antibióticos e outros tratamentos

    Já procurou saber como anda seu sistema urinário? Você sente dores ou ardência ao urinar? Fique atento: pode ser uma infecção urinária!

    Infecções urinárias são super comuns, ainda assim podem ser incômodas e extremamente desconfortáveis. Elas podem afetar o trato urinário alto (rins, ureteres), o baixo (bexiga e uretra) ou mesmo os dois. Por esse motivo dá para entender perfeitamente porque as pessoas buscam tratá-la o mais rápido possível. 

    Neste artigo vamos falar sobre como identificar os principais sintomas de infecção urinária e quais remédios são indicados para tratamento.

    Sintomas: como é a dor da infecção de urina?

    É essencial diferenciar os sintomas de infecção urinária no trato urinário alto e baixo. Existem diferentes sinais para cada tipo de infecção. A ardência ou dor ao urinar são os sintomas mais comuns. A pessoa sente uma forte vontade ou necessidade de urinar, porém, quando vai urinar, saem apenas algumas gotas. Isto acontece porque a bexiga está tão irritada que faz sentir que temos de urinar constantemente, mesmo quando não tem muita urina. Procure o atendimento médico e tente explicar com o máximo de clareza os sintomas.

    Os sintomas da infecção no trato urinário baixo são: 

    Necessidade de urinar frequentemente

    Urina turva ou com sangue

    Dor no baixo ventre, ou seja, na altura da bexiga

    Odor bastante desagradável na urina e mal-estar, em geral

    Os sintomas da infecção no trato urinário alto são: 

    Febre alta (acima de 38 °C)

    Dor nas costas.

    Náusea e tremedeira descontrolada

    Vômitos e diarreia

    Quando se tem infecção no trato urinário, o revestimento da bexiga e da uretra fica vermelho e irritado, o que dá a sensação de necessidade de urinar com mais frequência, além de dor. A irritação pode causar dor pélvica e na região inferior do abdome. Por vezes as pessoas usam remédio para infecção urinária e assim diminuir os sintomas. Mas é preciso lembrar que a automedicação pode mascarar sintomas e prejudicar o tratamento. 

    É preciso saber o momento exato em que se deve procurar atendimento médico. Em geral, de 25 a 40% dos casos de infecções no trato urinário são leves e se resolvem de forma espontânea. Contudo, existe outra metade dos casos que podem complicar-se quando não se procura ajuda médica apropriada. Marque uma consulta se você sentir febre alta ou piora rápida dos sintomas.

    Os sintomas de infecções urinárias melhoram dentro de poucos dias após a administração de antibióticos. Desde que todos os sintomas sejam resolvidos após o uso dos antibióticos estar completo, não é necessária a realização de exames de cultura de urina para provar que a infecção desapareceu.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    O que causa a infecção urinária?

    O papel do aparelho urinário é produzir e armazenar urina e a urina é um dos produtos residuais do nosso corpo. Ela é produzida nos rins e desce pelos ureteres até à bexiga. A bexiga armazena a urina até ser esvaziada através da uretra, um tubo que liga a bexiga à pele. Nos sexo masculino, a abertura da uretra é na extremidade do pênis, enquanto no feminino é acima da abertura vaginal.

    Muitas bactérias vivem na área em volta da vagina e reto, além de em toda nossa pele. Assim, as bactérias podem entrar na urina através da uretra e viajar até à bexiga e infectar nosso trato urinário. Podendo até mesmo viajar até os rins. Mas, independente de onde, elas são o que causa infecção urinária.

    As infecções podem afetar várias partes do trato urinário, mas o tipo mais comum é uma infecção da bexiga (cistite). A infecção do rim (pielonefrite) é outro tipo de infecção urinária. São menos comuns, mas são bem mais graves do que as infecções da bexiga.

    As infecções renais frequentemente causam náuseas e vômitos. Estas infecções precisam ser tratadas de imediato, porque uma infecção renal pode se alastrar pela corrente sanguínea e causar problemas de saúde mais graves. Em razão disso, é imprescindível procurar ajuda médica, pois o profissional saberá indicar o melhor remédio para infecção urinária nos rins.

    Os rins são um par de órgãos do tamanho de punhos e em forma de feijão, fixados na parede póstero-superior da cavidade abdominal um a cada lado da coluna vertebral. Eles filtram os resíduos líquidos do sangue e os removem do corpo sob a forma de urina. Eles equilibram os níveis de muitos elementos químicos em nosso corpo (sódio, potássio, cálcio, fósforo e outros) e verificam a acidez do sangue. 

    Fatores que aumentam o risco de infecção urinária

    Algumas pessoas correm maior risco de contrair uma infecção no trato urinário. Essas infecções estão mais presentes nas mulheres, isso porque, elas têm uretras mais curtas do que os homens, o que facilita a entrada de bactérias no Sistema Urinário. 

    As infecções de trato urinário podem ser simples e complicadas. As simples são infecções que acontecem em pessoas saudáveis com vias urinárias normais. As mais complicadas acontecem em vias urinárias anormais ou em uma infecção mais grave: com pielonefrite, prostatite, obstrução dos rins ou formação de um abscesso, por exemplo. A maioria das mulheres têm infecções simples, enquanto em homens e crianças existe uma tendência maior a complicações. Outros fatores que podem aumentar o risco de ter problemas de infecção do trato urinário são:

    Uma infecção anterior;

    Atividade sexual;

    Mudanças nas bactérias que vivem dentro da vagina, ou na flora vaginal. (Por exemplo, a menopausa ou o uso de espermicidas pode causar estas alterações bacterianas);

    Gravidez;

    Má higiene;

    Idade (Pessoas mais velhas e crianças pequenas têm mais probabilidades de terem essas infecções);

    Problemas estruturais no trato urinário (sobretudo quando há dificuldade para urinar no dia-a-dia), tais como o aumento da próstata ou alterações congênitas do formato dos rins

    Infecção urinária na gravidez

    A infecção urinária na gravidez é bem comum, ocorrendo em cerca de 2% de todas as gestações. Isso porque, a gestação causa alterações hormonais e físicas no corpo feminino que, em virtude da grande dificuldade com a higiene devido a uma barriga distendida, acaba ocasionando a frequência de infecções do trato urinário. 

    A pielonefrite é uma infecção bem mais grave que causa o aumento das hipóteses das gestantes sofrerem de infecção generalizada, causando até a falência de órgãos e pressão arterial perigosamente baixa.

    Os fatores de risco para as infecções de trato urinário na gravidez incluem mulheres de classe social mais baixa e de idade jovem. 

    Devido à elevada taxa como à potencial gravidade da pielonefrite, recomenda-se que todas as mulheres grávidas sejam acompanhadas nas visitas de pré-natal. Aqui vão alguns pontos indispensáveis para as gestantes:

    Caso você esteja grávida ou tenha diabetes, entre em contato com seu médico rapidamente (Na consulta, é possível ter um diagnóstico exato).

    Talvez o que você acredita ser uma infecção urinária, pode ser uma candidíase ou outra coisa.

    O médico deve pedir um exame de urina para descobrir se você tem infecção urinária e qual bactéria é a causadora. Os resultados costumam levar 48 horas.

    Nestes casos, as gestantes, em sua primeira visita ao obstetra ou entre a 12ª e 16ª semanas de gravidez, devem pedir uma urocultura. Isto é, um exame realizado em laboratório, que procura confirmar a infecção urinária e identificar qual o microrganismo responsável pela infecção, normalmente causada por bactérias das espécies: Escherichia coli, Enterococcus spp., Klebsiella-Enterobacter spp., Proteus spp., Staphylococcus saprophyticus e Pseudomonas spp. A realização deste exame colabora para determinar o tratamento mais adequado. 

    Quais os perigos de uma infecção urinária na gravidez e como tratar?

    Gestantes com urocultura positiva precisam ser tratadas com antibióticos, independentemente de terem sintomas ou não. Na grávida, a bacteriúria assintomática (BA) é encarada como uma cistite. Como dissemos, as infecções de trato urinário durante a gravidez podem colocar tanto a mãe como o bebê em risco se não forem tratadas de forma rápida e adequada.

    Antibióticos para infecção urinária são usados para tratar a infecção. O tratamento da infecção do trato urinário sintomático não é mudado pela gestação, com exceção de remédios para infecção urinária que causam danos ao feto que têm que ser evitados.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    Tratamentos para infecção urinária

    Tratamentos para infecção urinária devem ser acompanhados por profissionais de saúde, visto que eles determinam que tipo de infecção de trato urinário é o seu. Tratar imediatamente e de forma correta é necessário para que a doença não evolua para algo muito mais grave e perigoso.

    Remédios para infecção urinária incluem antibióticos. O tratamento com o uso de antibiótico para infecção urinária, prescritos pelo médico é o mais recomendado e completo. Em especial são aconselhados para mulheres que sofrem com infecções urinárias regulares. No entanto, sempre que se usa antibióticos, pode causar efeitos colaterais, que podem incluir:

    erupção cutânea;

    tonturas;

    náuseas;

    diarreia.

    Os efeitos colaterais mais graves incluem infecções resistentes a antibióticos ou infecções por Clostridium difficile, que causam diarreia que pode levar a danos graves no cólon e à morte (normalmente essa complicação só ocorre após uso prolongado e de vários antibióticos diferentes). De novo, contacte um profissional de saúde especializado se desenvolver quaisquer efeitos secundários enquanto toma o seu antibiótico.

    Caso você tenha infecções do trato urinário frequentemente (3 vezes ou mais por ano), então deve consultar o seu médico. O seu profissional de saúde poderá querer fazer mais exames (como verificar se a bexiga se esvazia) para descobrir porquê.

    Se continuar a ter infecções urinárias, uma dose mais longa de antibióticos de baixa dose ou tomar um antibiótico após a relação sexual pode ajudar. Existem também métodos de autodiagnóstico que profissionais da saúde podem arranjar que lhe permitam diagnosticar e tratar as suas tais infecções em casa.

    Antibióticos orais

    Se o seu profissional de saúde lhe prescrever antibióticos: Tome-os exatamente como ele lhe disser:

    Não compartilhe os seus antibióticos com outras pessoas.

    Tome os antibióticos no período prescrito. Fale com o seu profissional de saúde sobre a eliminação segura de restos do medicamento.

    Beba muita água.

    O seu profissional de saúde também pode recomendar medicamentos para ajudar a diminuir a dor ou o desconforto. Fale com ele se tiver alguma dúvida sobre os seus antibióticos. Tome os antibióticos durante um sete dias em conformidade com o que seu médico disser. A maioria das mulheres precisa tomá-los durante uma semana. Já os homens, por quase duas.

    Os sintomas costumam desaparecer depois de três dias de tratamento, mas pode demorar cerca de cinco dias para todas as bactérias serem eliminadas do trato urinário. Esse período pode ser maior no caso de homens. É essencial seguir o tratamento à risca, e assim você terminar todos os antibióticos que o médico receitar, a menos que ele indique algo diferente.

    Quando o paciente decide parar o uso da medicação antes do tempo recomendado, o antibiótico não irá eliminar as bactérias. Caso os sintomas persistam após o uso da medicação ou caso não se sinta melhor em alguns dias, entre em contato com o médico.

    Tem algum remédio que não precisa de receita?

    Não. Como os medicamentos usados para tratar infecção urinária são antibióticos, todos eles precisam de receita – receita controlada.

    Medicamentos de venda livre são remédios que você pode comprar sem receita médica. Alguns deles aliviam dores e coceiras. Outros previnem ou curam doenças, como cárie dentária e pé de atleta. Outros ajudam a gerenciar problemas recorrentes, como enxaquecas e alergias. Mas é necessário recordar que a automedicação pode mascarar sintomas mais sérios e prejudicar qualquer tratamento que você esteja fazendo.

    Lembre-se: procure sempre o atendimento de médicos especialistas. O cuidado com a nossa saúde é primordial!

    Conclusão: quanto tempo leva para curar a infecção urinária?

    Em média levam cerca de 3 a 5 dias, as mais simples, porém quando não tratadas de forma correta, com auxílio de especialistas, a situação pode se agravar.

    Vale ressaltar: se você tem sentido algum destes sintomas, ou acredita que possa estar passando por isso, é importante marcar uma consulta com urologista. Procure o nosso atendimento online.

    Referências

    Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

    A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

    Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

    Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.

    Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.

    Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)

    Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada

    Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

    #sintomas #o que causa #antibióticos e outros tratamentos
    View Full
  • moringapraqueserve
    18.01.2022 - 23 hours ago

    sintomas, o que causa, antibióticos e outros tratamentos

    Já procurou saber como anda seu sistema urinário? Você sente dores ou ardência ao urinar? Fique atento: pode ser uma infecção urinária!

    Infecções urinárias são super comuns, ainda assim podem ser incômodas e extremamente desconfortáveis. Elas podem afetar o trato urinário alto (rins, ureteres), o baixo (bexiga e uretra) ou mesmo os dois. Por esse motivo dá para entender perfeitamente porque as pessoas buscam tratá-la o mais rápido possível. 

    Neste artigo vamos falar sobre como identificar os principais sintomas de infecção urinária e quais remédios são indicados para tratamento.

    Sintomas: como é a dor da infecção de urina?

    É essencial diferenciar os sintomas de infecção urinária no trato urinário alto e baixo. Existem diferentes sinais para cada tipo de infecção. A ardência ou dor ao urinar são os sintomas mais comuns. A pessoa sente uma forte vontade ou necessidade de urinar, porém, quando vai urinar, saem apenas algumas gotas. Isto acontece porque a bexiga está tão irritada que faz sentir que temos de urinar constantemente, mesmo quando não tem muita urina. Procure o atendimento médico e tente explicar com o máximo de clareza os sintomas.

    Os sintomas da infecção no trato urinário baixo são: 

    Necessidade de urinar frequentemente

    Urina turva ou com sangue

    Dor no baixo ventre, ou seja, na altura da bexiga

    Odor bastante desagradável na urina e mal-estar, em geral

    Os sintomas da infecção no trato urinário alto são: 

    Febre alta (acima de 38 °C)

    Dor nas costas.

    Náusea e tremedeira descontrolada

    Vômitos e diarreia

    Quando se tem infecção no trato urinário, o revestimento da bexiga e da uretra fica vermelho e irritado, o que dá a sensação de necessidade de urinar com mais frequência, além de dor. A irritação pode causar dor pélvica e na região inferior do abdome. Por vezes as pessoas usam remédio para infecção urinária e assim diminuir os sintomas. Mas é preciso lembrar que a automedicação pode mascarar sintomas e prejudicar o tratamento. 

    É preciso saber o momento exato em que se deve procurar atendimento médico. Em geral, de 25 a 40% dos casos de infecções no trato urinário são leves e se resolvem de forma espontânea. Contudo, existe outra metade dos casos que podem complicar-se quando não se procura ajuda médica apropriada. Marque uma consulta se você sentir febre alta ou piora rápida dos sintomas.

    Os sintomas de infecções urinárias melhoram dentro de poucos dias após a administração de antibióticos. Desde que todos os sintomas sejam resolvidos após o uso dos antibióticos estar completo, não é necessária a realização de exames de cultura de urina para provar que a infecção desapareceu.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    O que causa a infecção urinária?

    O papel do aparelho urinário é produzir e armazenar urina e a urina é um dos produtos residuais do nosso corpo. Ela é produzida nos rins e desce pelos ureteres até à bexiga. A bexiga armazena a urina até ser esvaziada através da uretra, um tubo que liga a bexiga à pele. Nos sexo masculino, a abertura da uretra é na extremidade do pênis, enquanto no feminino é acima da abertura vaginal.

    Muitas bactérias vivem na área em volta da vagina e reto, além de em toda nossa pele. Assim, as bactérias podem entrar na urina através da uretra e viajar até à bexiga e infectar nosso trato urinário. Podendo até mesmo viajar até os rins. Mas, independente de onde, elas são o que causa infecção urinária.

    As infecções podem afetar várias partes do trato urinário, mas o tipo mais comum é uma infecção da bexiga (cistite). A infecção do rim (pielonefrite) é outro tipo de infecção urinária. São menos comuns, mas são bem mais graves do que as infecções da bexiga.

    As infecções renais frequentemente causam náuseas e vômitos. Estas infecções precisam ser tratadas de imediato, porque uma infecção renal pode se alastrar pela corrente sanguínea e causar problemas de saúde mais graves. Em razão disso, é imprescindível procurar ajuda médica, pois o profissional saberá indicar o melhor remédio para infecção urinária nos rins.

    Os rins são um par de órgãos do tamanho de punhos e em forma de feijão, fixados na parede póstero-superior da cavidade abdominal um a cada lado da coluna vertebral. Eles filtram os resíduos líquidos do sangue e os removem do corpo sob a forma de urina. Eles equilibram os níveis de muitos elementos químicos em nosso corpo (sódio, potássio, cálcio, fósforo e outros) e verificam a acidez do sangue. 

    Fatores que aumentam o risco de infecção urinária

    Algumas pessoas correm maior risco de contrair uma infecção no trato urinário. Essas infecções estão mais presentes nas mulheres, isso porque, elas têm uretras mais curtas do que os homens, o que facilita a entrada de bactérias no Sistema Urinário. 

    As infecções de trato urinário podem ser simples e complicadas. As simples são infecções que acontecem em pessoas saudáveis com vias urinárias normais. As mais complicadas acontecem em vias urinárias anormais ou em uma infecção mais grave: com pielonefrite, prostatite, obstrução dos rins ou formação de um abscesso, por exemplo. A maioria das mulheres têm infecções simples, enquanto em homens e crianças existe uma tendência maior a complicações. Outros fatores que podem aumentar o risco de ter problemas de infecção do trato urinário são:

    Uma infecção anterior;

    Atividade sexual;

    Mudanças nas bactérias que vivem dentro da vagina, ou na flora vaginal. (Por exemplo, a menopausa ou o uso de espermicidas pode causar estas alterações bacterianas);

    Gravidez;

    Má higiene;

    Idade (Pessoas mais velhas e crianças pequenas têm mais probabilidades de terem essas infecções);

    Problemas estruturais no trato urinário (sobretudo quando há dificuldade para urinar no dia-a-dia), tais como o aumento da próstata ou alterações congênitas do formato dos rins

    Infecção urinária na gravidez

    A infecção urinária na gravidez é bem comum, ocorrendo em cerca de 2% de todas as gestações. Isso porque, a gestação causa alterações hormonais e físicas no corpo feminino que, em virtude da grande dificuldade com a higiene devido a uma barriga distendida, acaba ocasionando a frequência de infecções do trato urinário. 

    A pielonefrite é uma infecção bem mais grave que causa o aumento das hipóteses das gestantes sofrerem de infecção generalizada, causando até a falência de órgãos e pressão arterial perigosamente baixa.

    Os fatores de risco para as infecções de trato urinário na gravidez incluem mulheres de classe social mais baixa e de idade jovem. 

    Devido à elevada taxa como à potencial gravidade da pielonefrite, recomenda-se que todas as mulheres grávidas sejam acompanhadas nas visitas de pré-natal. Aqui vão alguns pontos indispensáveis para as gestantes:

    Caso você esteja grávida ou tenha diabetes, entre em contato com seu médico rapidamente (Na consulta, é possível ter um diagnóstico exato).

    Talvez o que você acredita ser uma infecção urinária, pode ser uma candidíase ou outra coisa.

    O médico deve pedir um exame de urina para descobrir se você tem infecção urinária e qual bactéria é a causadora. Os resultados costumam levar 48 horas.

    Nestes casos, as gestantes, em sua primeira visita ao obstetra ou entre a 12ª e 16ª semanas de gravidez, devem pedir uma urocultura. Isto é, um exame realizado em laboratório, que procura confirmar a infecção urinária e identificar qual o microrganismo responsável pela infecção, normalmente causada por bactérias das espécies: Escherichia coli, Enterococcus spp., Klebsiella-Enterobacter spp., Proteus spp., Staphylococcus saprophyticus e Pseudomonas spp. A realização deste exame colabora para determinar o tratamento mais adequado. 

    Quais os perigos de uma infecção urinária na gravidez e como tratar?

    Gestantes com urocultura positiva precisam ser tratadas com antibióticos, independentemente de terem sintomas ou não. Na grávida, a bacteriúria assintomática (BA) é encarada como uma cistite. Como dissemos, as infecções de trato urinário durante a gravidez podem colocar tanto a mãe como o bebê em risco se não forem tratadas de forma rápida e adequada.

    Antibióticos para infecção urinária são usados para tratar a infecção. O tratamento da infecção do trato urinário sintomático não é mudado pela gestação, com exceção de remédios para infecção urinária que causam danos ao feto que têm que ser evitados.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    Tratamentos para infecção urinária

    Tratamentos para infecção urinária devem ser acompanhados por profissionais de saúde, visto que eles determinam que tipo de infecção de trato urinário é o seu. Tratar imediatamente e de forma correta é necessário para que a doença não evolua para algo muito mais grave e perigoso.

    Remédios para infecção urinária incluem antibióticos. O tratamento com o uso de antibiótico para infecção urinária, prescritos pelo médico é o mais recomendado e completo. Em especial são aconselhados para mulheres que sofrem com infecções urinárias regulares. No entanto, sempre que se usa antibióticos, pode causar efeitos colaterais, que podem incluir:

    erupção cutânea;

    tonturas;

    náuseas;

    diarreia.

    Os efeitos colaterais mais graves incluem infecções resistentes a antibióticos ou infecções por Clostridium difficile, que causam diarreia que pode levar a danos graves no cólon e à morte (normalmente essa complicação só ocorre após uso prolongado e de vários antibióticos diferentes). De novo, contacte um profissional de saúde especializado se desenvolver quaisquer efeitos secundários enquanto toma o seu antibiótico.

    Caso você tenha infecções do trato urinário frequentemente (3 vezes ou mais por ano), então deve consultar o seu médico. O seu profissional de saúde poderá querer fazer mais exames (como verificar se a bexiga se esvazia) para descobrir porquê.

    Se continuar a ter infecções urinárias, uma dose mais longa de antibióticos de baixa dose ou tomar um antibiótico após a relação sexual pode ajudar. Existem também métodos de autodiagnóstico que profissionais da saúde podem arranjar que lhe permitam diagnosticar e tratar as suas tais infecções em casa.

    Antibióticos orais

    Se o seu profissional de saúde lhe prescrever antibióticos: Tome-os exatamente como ele lhe disser:

    Não compartilhe os seus antibióticos com outras pessoas.

    Tome os antibióticos no período prescrito. Fale com o seu profissional de saúde sobre a eliminação segura de restos do medicamento.

    Beba muita água.

    O seu profissional de saúde também pode recomendar medicamentos para ajudar a diminuir a dor ou o desconforto. Fale com ele se tiver alguma dúvida sobre os seus antibióticos. Tome os antibióticos durante um sete dias em conformidade com o que seu médico disser. A maioria das mulheres precisa tomá-los durante uma semana. Já os homens, por quase duas.

    Os sintomas costumam desaparecer depois de três dias de tratamento, mas pode demorar cerca de cinco dias para todas as bactérias serem eliminadas do trato urinário. Esse período pode ser maior no caso de homens. É essencial seguir o tratamento à risca, e assim você terminar todos os antibióticos que o médico receitar, a menos que ele indique algo diferente.

    Quando o paciente decide parar o uso da medicação antes do tempo recomendado, o antibiótico não irá eliminar as bactérias. Caso os sintomas persistam após o uso da medicação ou caso não se sinta melhor em alguns dias, entre em contato com o médico.

    Tem algum remédio que não precisa de receita?

    Não. Como os medicamentos usados para tratar infecção urinária são antibióticos, todos eles precisam de receita – receita controlada.

    Medicamentos de venda livre são remédios que você pode comprar sem receita médica. Alguns deles aliviam dores e coceiras. Outros previnem ou curam doenças, como cárie dentária e pé de atleta. Outros ajudam a gerenciar problemas recorrentes, como enxaquecas e alergias. Mas é necessário recordar que a automedicação pode mascarar sintomas mais sérios e prejudicar qualquer tratamento que você esteja fazendo.

    Lembre-se: procure sempre o atendimento de médicos especialistas. O cuidado com a nossa saúde é primordial!

    Conclusão: quanto tempo leva para curar a infecção urinária?

    Em média levam cerca de 3 a 5 dias, as mais simples, porém quando não tratadas de forma correta, com auxílio de especialistas, a situação pode se agravar.

    Vale ressaltar: se você tem sentido algum destes sintomas, ou acredita que possa estar passando por isso, é importante marcar uma consulta com urologista. Procure o nosso atendimento online.

    Referências

    Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

    A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

    Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

    Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.

    Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.

    Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)

    Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada

    Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

    #sintomas #o que causa #antibióticos e outros tratamentos
    View Full
  • ejaculacaoprecocedemoraragozar
    18.01.2022 - 1 day ago

    sintomas, o que causa, antibióticos e outros tratamentos

    Já procurou saber como anda seu sistema urinário? Você sente dores ou ardência ao urinar? Fique atento: pode ser uma infecção urinária!

    Infecções urinárias são super comuns, ainda assim podem ser incômodas e extremamente desconfortáveis. Elas podem afetar o trato urinário alto (rins, ureteres), o baixo (bexiga e uretra) ou mesmo os dois. Por esse motivo dá para entender perfeitamente porque as pessoas buscam tratá-la o mais rápido possível. 

    Neste artigo vamos falar sobre como identificar os principais sintomas de infecção urinária e quais remédios são indicados para tratamento.

    Sintomas: como é a dor da infecção de urina?

    É essencial diferenciar os sintomas de infecção urinária no trato urinário alto e baixo. Existem diferentes sinais para cada tipo de infecção. A ardência ou dor ao urinar são os sintomas mais comuns. A pessoa sente uma forte vontade ou necessidade de urinar, porém, quando vai urinar, saem apenas algumas gotas. Isto acontece porque a bexiga está tão irritada que faz sentir que temos de urinar constantemente, mesmo quando não tem muita urina. Procure o atendimento médico e tente explicar com o máximo de clareza os sintomas.

    Os sintomas da infecção no trato urinário baixo são: 

    Necessidade de urinar frequentemente

    Urina turva ou com sangue

    Dor no baixo ventre, ou seja, na altura da bexiga

    Odor bastante desagradável na urina e mal-estar, em geral

    Os sintomas da infecção no trato urinário alto são: 

    Febre alta (acima de 38 °C)

    Dor nas costas.

    Náusea e tremedeira descontrolada

    Vômitos e diarreia

    Quando se tem infecção no trato urinário, o revestimento da bexiga e da uretra fica vermelho e irritado, o que dá a sensação de necessidade de urinar com mais frequência, além de dor. A irritação pode causar dor pélvica e na região inferior do abdome. Por vezes as pessoas usam remédio para infecção urinária e assim diminuir os sintomas. Mas é preciso lembrar que a automedicação pode mascarar sintomas e prejudicar o tratamento. 

    É preciso saber o momento exato em que se deve procurar atendimento médico. Em geral, de 25 a 40% dos casos de infecções no trato urinário são leves e se resolvem de forma espontânea. Contudo, existe outra metade dos casos que podem complicar-se quando não se procura ajuda médica apropriada. Marque uma consulta se você sentir febre alta ou piora rápida dos sintomas.

    Os sintomas de infecções urinárias melhoram dentro de poucos dias após a administração de antibióticos. Desde que todos os sintomas sejam resolvidos após o uso dos antibióticos estar completo, não é necessária a realização de exames de cultura de urina para provar que a infecção desapareceu.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    O que causa a infecção urinária?

    O papel do aparelho urinário é produzir e armazenar urina e a urina é um dos produtos residuais do nosso corpo. Ela é produzida nos rins e desce pelos ureteres até à bexiga. A bexiga armazena a urina até ser esvaziada através da uretra, um tubo que liga a bexiga à pele. Nos sexo masculino, a abertura da uretra é na extremidade do pênis, enquanto no feminino é acima da abertura vaginal.

    Muitas bactérias vivem na área em volta da vagina e reto, além de em toda nossa pele. Assim, as bactérias podem entrar na urina através da uretra e viajar até à bexiga e infectar nosso trato urinário. Podendo até mesmo viajar até os rins. Mas, independente de onde, elas são o que causa infecção urinária.

    As infecções podem afetar várias partes do trato urinário, mas o tipo mais comum é uma infecção da bexiga (cistite). A infecção do rim (pielonefrite) é outro tipo de infecção urinária. São menos comuns, mas são bem mais graves do que as infecções da bexiga.

    As infecções renais frequentemente causam náuseas e vômitos. Estas infecções precisam ser tratadas de imediato, porque uma infecção renal pode se alastrar pela corrente sanguínea e causar problemas de saúde mais graves. Em razão disso, é imprescindível procurar ajuda médica, pois o profissional saberá indicar o melhor remédio para infecção urinária nos rins.

    Os rins são um par de órgãos do tamanho de punhos e em forma de feijão, fixados na parede póstero-superior da cavidade abdominal um a cada lado da coluna vertebral. Eles filtram os resíduos líquidos do sangue e os removem do corpo sob a forma de urina. Eles equilibram os níveis de muitos elementos químicos em nosso corpo (sódio, potássio, cálcio, fósforo e outros) e verificam a acidez do sangue. 

    Fatores que aumentam o risco de infecção urinária

    Algumas pessoas correm maior risco de contrair uma infecção no trato urinário. Essas infecções estão mais presentes nas mulheres, isso porque, elas têm uretras mais curtas do que os homens, o que facilita a entrada de bactérias no Sistema Urinário. 

    As infecções de trato urinário podem ser simples e complicadas. As simples são infecções que acontecem em pessoas saudáveis com vias urinárias normais. As mais complicadas acontecem em vias urinárias anormais ou em uma infecção mais grave: com pielonefrite, prostatite, obstrução dos rins ou formação de um abscesso, por exemplo. A maioria das mulheres têm infecções simples, enquanto em homens e crianças existe uma tendência maior a complicações. Outros fatores que podem aumentar o risco de ter problemas de infecção do trato urinário são:

    Uma infecção anterior;

    Atividade sexual;

    Mudanças nas bactérias que vivem dentro da vagina, ou na flora vaginal. (Por exemplo, a menopausa ou o uso de espermicidas pode causar estas alterações bacterianas);

    Gravidez;

    Má higiene;

    Idade (Pessoas mais velhas e crianças pequenas têm mais probabilidades de terem essas infecções);

    Problemas estruturais no trato urinário (sobretudo quando há dificuldade para urinar no dia-a-dia), tais como o aumento da próstata ou alterações congênitas do formato dos rins

    Infecção urinária na gravidez

    A infecção urinária na gravidez é bem comum, ocorrendo em cerca de 2% de todas as gestações. Isso porque, a gestação causa alterações hormonais e físicas no corpo feminino que, em virtude da grande dificuldade com a higiene devido a uma barriga distendida, acaba ocasionando a frequência de infecções do trato urinário. 

    A pielonefrite é uma infecção bem mais grave que causa o aumento das hipóteses das gestantes sofrerem de infecção generalizada, causando até a falência de órgãos e pressão arterial perigosamente baixa.

    Os fatores de risco para as infecções de trato urinário na gravidez incluem mulheres de classe social mais baixa e de idade jovem. 

    Devido à elevada taxa como à potencial gravidade da pielonefrite, recomenda-se que todas as mulheres grávidas sejam acompanhadas nas visitas de pré-natal. Aqui vão alguns pontos indispensáveis para as gestantes:

    Caso você esteja grávida ou tenha diabetes, entre em contato com seu médico rapidamente (Na consulta, é possível ter um diagnóstico exato).

    Talvez o que você acredita ser uma infecção urinária, pode ser uma candidíase ou outra coisa.

    O médico deve pedir um exame de urina para descobrir se você tem infecção urinária e qual bactéria é a causadora. Os resultados costumam levar 48 horas.

    Nestes casos, as gestantes, em sua primeira visita ao obstetra ou entre a 12ª e 16ª semanas de gravidez, devem pedir uma urocultura. Isto é, um exame realizado em laboratório, que procura confirmar a infecção urinária e identificar qual o microrganismo responsável pela infecção, normalmente causada por bactérias das espécies: Escherichia coli, Enterococcus spp., Klebsiella-Enterobacter spp., Proteus spp., Staphylococcus saprophyticus e Pseudomonas spp. A realização deste exame colabora para determinar o tratamento mais adequado. 

    Quais os perigos de uma infecção urinária na gravidez e como tratar?

    Gestantes com urocultura positiva precisam ser tratadas com antibióticos, independentemente de terem sintomas ou não. Na grávida, a bacteriúria assintomática (BA) é encarada como uma cistite. Como dissemos, as infecções de trato urinário durante a gravidez podem colocar tanto a mãe como o bebê em risco se não forem tratadas de forma rápida e adequada.

    Antibióticos para infecção urinária são usados para tratar a infecção. O tratamento da infecção do trato urinário sintomático não é mudado pela gestação, com exceção de remédios para infecção urinária que causam danos ao feto que têm que ser evitados.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    Tratamentos para infecção urinária

    Tratamentos para infecção urinária devem ser acompanhados por profissionais de saúde, visto que eles determinam que tipo de infecção de trato urinário é o seu. Tratar imediatamente e de forma correta é necessário para que a doença não evolua para algo muito mais grave e perigoso.

    Remédios para infecção urinária incluem antibióticos. O tratamento com o uso de antibiótico para infecção urinária, prescritos pelo médico é o mais recomendado e completo. Em especial são aconselhados para mulheres que sofrem com infecções urinárias regulares. No entanto, sempre que se usa antibióticos, pode causar efeitos colaterais, que podem incluir:

    erupção cutânea;

    tonturas;

    náuseas;

    diarreia.

    Os efeitos colaterais mais graves incluem infecções resistentes a antibióticos ou infecções por Clostridium difficile, que causam diarreia que pode levar a danos graves no cólon e à morte (normalmente essa complicação só ocorre após uso prolongado e de vários antibióticos diferentes). De novo, contacte um profissional de saúde especializado se desenvolver quaisquer efeitos secundários enquanto toma o seu antibiótico.

    Caso você tenha infecções do trato urinário frequentemente (3 vezes ou mais por ano), então deve consultar o seu médico. O seu profissional de saúde poderá querer fazer mais exames (como verificar se a bexiga se esvazia) para descobrir porquê.

    Se continuar a ter infecções urinárias, uma dose mais longa de antibióticos de baixa dose ou tomar um antibiótico após a relação sexual pode ajudar. Existem também métodos de autodiagnóstico que profissionais da saúde podem arranjar que lhe permitam diagnosticar e tratar as suas tais infecções em casa.

    Antibióticos orais

    Se o seu profissional de saúde lhe prescrever antibióticos: Tome-os exatamente como ele lhe disser:

    Não compartilhe os seus antibióticos com outras pessoas.

    Tome os antibióticos no período prescrito. Fale com o seu profissional de saúde sobre a eliminação segura de restos do medicamento.

    Beba muita água.

    O seu profissional de saúde também pode recomendar medicamentos para ajudar a diminuir a dor ou o desconforto. Fale com ele se tiver alguma dúvida sobre os seus antibióticos. Tome os antibióticos durante um sete dias em conformidade com o que seu médico disser. A maioria das mulheres precisa tomá-los durante uma semana. Já os homens, por quase duas.

    Os sintomas costumam desaparecer depois de três dias de tratamento, mas pode demorar cerca de cinco dias para todas as bactérias serem eliminadas do trato urinário. Esse período pode ser maior no caso de homens. É essencial seguir o tratamento à risca, e assim você terminar todos os antibióticos que o médico receitar, a menos que ele indique algo diferente.

    Quando o paciente decide parar o uso da medicação antes do tempo recomendado, o antibiótico não irá eliminar as bactérias. Caso os sintomas persistam após o uso da medicação ou caso não se sinta melhor em alguns dias, entre em contato com o médico.

    Tem algum remédio que não precisa de receita?

    Não. Como os medicamentos usados para tratar infecção urinária são antibióticos, todos eles precisam de receita – receita controlada.

    Medicamentos de venda livre são remédios que você pode comprar sem receita médica. Alguns deles aliviam dores e coceiras. Outros previnem ou curam doenças, como cárie dentária e pé de atleta. Outros ajudam a gerenciar problemas recorrentes, como enxaquecas e alergias. Mas é necessário recordar que a automedicação pode mascarar sintomas mais sérios e prejudicar qualquer tratamento que você esteja fazendo.

    Lembre-se: procure sempre o atendimento de médicos especialistas. O cuidado com a nossa saúde é primordial!

    Conclusão: quanto tempo leva para curar a infecção urinária?

    Em média levam cerca de 3 a 5 dias, as mais simples, porém quando não tratadas de forma correta, com auxílio de especialistas, a situação pode se agravar.

    Vale ressaltar: se você tem sentido algum destes sintomas, ou acredita que possa estar passando por isso, é importante marcar uma consulta com urologista. Procure o nosso atendimento online.

    Referências

    Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

    A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

    Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

    Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.

    Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.

    Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)

    Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada

    Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

    #sintomas #o que causa #antibióticos e outros tratamentos
    View Full
  • levedodecerveja
    18.01.2022 - 1 day ago

    sintomas, o que causa, antibióticos e outros tratamentos

    Já procurou saber como anda seu sistema urinário? Você sente dores ou ardência ao urinar? Fique atento: pode ser uma infecção urinária!

    Infecções urinárias são super comuns, ainda assim podem ser incômodas e extremamente desconfortáveis. Elas podem afetar o trato urinário alto (rins, ureteres), o baixo (bexiga e uretra) ou mesmo os dois. Por esse motivo dá para entender perfeitamente porque as pessoas buscam tratá-la o mais rápido possível. 

    Neste artigo vamos falar sobre como identificar os principais sintomas de infecção urinária e quais remédios são indicados para tratamento.

    Sintomas: como é a dor da infecção de urina?

    É essencial diferenciar os sintomas de infecção urinária no trato urinário alto e baixo. Existem diferentes sinais para cada tipo de infecção. A ardência ou dor ao urinar são os sintomas mais comuns. A pessoa sente uma forte vontade ou necessidade de urinar, porém, quando vai urinar, saem apenas algumas gotas. Isto acontece porque a bexiga está tão irritada que faz sentir que temos de urinar constantemente, mesmo quando não tem muita urina. Procure o atendimento médico e tente explicar com o máximo de clareza os sintomas.

    Os sintomas da infecção no trato urinário baixo são: 

    Necessidade de urinar frequentemente

    Urina turva ou com sangue

    Dor no baixo ventre, ou seja, na altura da bexiga

    Odor bastante desagradável na urina e mal-estar, em geral

    Os sintomas da infecção no trato urinário alto são: 

    Febre alta (acima de 38 °C)

    Dor nas costas.

    Náusea e tremedeira descontrolada

    Vômitos e diarreia

    Quando se tem infecção no trato urinário, o revestimento da bexiga e da uretra fica vermelho e irritado, o que dá a sensação de necessidade de urinar com mais frequência, além de dor. A irritação pode causar dor pélvica e na região inferior do abdome. Por vezes as pessoas usam remédio para infecção urinária e assim diminuir os sintomas. Mas é preciso lembrar que a automedicação pode mascarar sintomas e prejudicar o tratamento. 

    É preciso saber o momento exato em que se deve procurar atendimento médico. Em geral, de 25 a 40% dos casos de infecções no trato urinário são leves e se resolvem de forma espontânea. Contudo, existe outra metade dos casos que podem complicar-se quando não se procura ajuda médica apropriada. Marque uma consulta se você sentir febre alta ou piora rápida dos sintomas.

    Os sintomas de infecções urinárias melhoram dentro de poucos dias após a administração de antibióticos. Desde que todos os sintomas sejam resolvidos após o uso dos antibióticos estar completo, não é necessária a realização de exames de cultura de urina para provar que a infecção desapareceu.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    O que causa a infecção urinária?

    O papel do aparelho urinário é produzir e armazenar urina e a urina é um dos produtos residuais do nosso corpo. Ela é produzida nos rins e desce pelos ureteres até à bexiga. A bexiga armazena a urina até ser esvaziada através da uretra, um tubo que liga a bexiga à pele. Nos sexo masculino, a abertura da uretra é na extremidade do pênis, enquanto no feminino é acima da abertura vaginal.

    Muitas bactérias vivem na área em volta da vagina e reto, além de em toda nossa pele. Assim, as bactérias podem entrar na urina através da uretra e viajar até à bexiga e infectar nosso trato urinário. Podendo até mesmo viajar até os rins. Mas, independente de onde, elas são o que causa infecção urinária.

    As infecções podem afetar várias partes do trato urinário, mas o tipo mais comum é uma infecção da bexiga (cistite). A infecção do rim (pielonefrite) é outro tipo de infecção urinária. São menos comuns, mas são bem mais graves do que as infecções da bexiga.

    As infecções renais frequentemente causam náuseas e vômitos. Estas infecções precisam ser tratadas de imediato, porque uma infecção renal pode se alastrar pela corrente sanguínea e causar problemas de saúde mais graves. Em razão disso, é imprescindível procurar ajuda médica, pois o profissional saberá indicar o melhor remédio para infecção urinária nos rins.

    Os rins são um par de órgãos do tamanho de punhos e em forma de feijão, fixados na parede póstero-superior da cavidade abdominal um a cada lado da coluna vertebral. Eles filtram os resíduos líquidos do sangue e os removem do corpo sob a forma de urina. Eles equilibram os níveis de muitos elementos químicos em nosso corpo (sódio, potássio, cálcio, fósforo e outros) e verificam a acidez do sangue. 

    Fatores que aumentam o risco de infecção urinária

    Algumas pessoas correm maior risco de contrair uma infecção no trato urinário. Essas infecções estão mais presentes nas mulheres, isso porque, elas têm uretras mais curtas do que os homens, o que facilita a entrada de bactérias no Sistema Urinário. 

    As infecções de trato urinário podem ser simples e complicadas. As simples são infecções que acontecem em pessoas saudáveis com vias urinárias normais. As mais complicadas acontecem em vias urinárias anormais ou em uma infecção mais grave: com pielonefrite, prostatite, obstrução dos rins ou formação de um abscesso, por exemplo. A maioria das mulheres têm infecções simples, enquanto em homens e crianças existe uma tendência maior a complicações. Outros fatores que podem aumentar o risco de ter problemas de infecção do trato urinário são:

    Uma infecção anterior;

    Atividade sexual;

    Mudanças nas bactérias que vivem dentro da vagina, ou na flora vaginal. (Por exemplo, a menopausa ou o uso de espermicidas pode causar estas alterações bacterianas);

    Gravidez;

    Má higiene;

    Idade (Pessoas mais velhas e crianças pequenas têm mais probabilidades de terem essas infecções);

    Problemas estruturais no trato urinário (sobretudo quando há dificuldade para urinar no dia-a-dia), tais como o aumento da próstata ou alterações congênitas do formato dos rins

    Infecção urinária na gravidez

    A infecção urinária na gravidez é bem comum, ocorrendo em cerca de 2% de todas as gestações. Isso porque, a gestação causa alterações hormonais e físicas no corpo feminino que, em virtude da grande dificuldade com a higiene devido a uma barriga distendida, acaba ocasionando a frequência de infecções do trato urinário. 

    A pielonefrite é uma infecção bem mais grave que causa o aumento das hipóteses das gestantes sofrerem de infecção generalizada, causando até a falência de órgãos e pressão arterial perigosamente baixa.

    Os fatores de risco para as infecções de trato urinário na gravidez incluem mulheres de classe social mais baixa e de idade jovem. 

    Devido à elevada taxa como à potencial gravidade da pielonefrite, recomenda-se que todas as mulheres grávidas sejam acompanhadas nas visitas de pré-natal. Aqui vão alguns pontos indispensáveis para as gestantes:

    Caso você esteja grávida ou tenha diabetes, entre em contato com seu médico rapidamente (Na consulta, é possível ter um diagnóstico exato).

    Talvez o que você acredita ser uma infecção urinária, pode ser uma candidíase ou outra coisa.

    O médico deve pedir um exame de urina para descobrir se você tem infecção urinária e qual bactéria é a causadora. Os resultados costumam levar 48 horas.

    Nestes casos, as gestantes, em sua primeira visita ao obstetra ou entre a 12ª e 16ª semanas de gravidez, devem pedir uma urocultura. Isto é, um exame realizado em laboratório, que procura confirmar a infecção urinária e identificar qual o microrganismo responsável pela infecção, normalmente causada por bactérias das espécies: Escherichia coli, Enterococcus spp., Klebsiella-Enterobacter spp., Proteus spp., Staphylococcus saprophyticus e Pseudomonas spp. A realização deste exame colabora para determinar o tratamento mais adequado. 

    Quais os perigos de uma infecção urinária na gravidez e como tratar?

    Gestantes com urocultura positiva precisam ser tratadas com antibióticos, independentemente de terem sintomas ou não. Na grávida, a bacteriúria assintomática (BA) é encarada como uma cistite. Como dissemos, as infecções de trato urinário durante a gravidez podem colocar tanto a mãe como o bebê em risco se não forem tratadas de forma rápida e adequada.

    Antibióticos para infecção urinária são usados para tratar a infecção. O tratamento da infecção do trato urinário sintomático não é mudado pela gestação, com exceção de remédios para infecção urinária que causam danos ao feto que têm que ser evitados.

    Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

    Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

    Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

    Tratamentos para infecção urinária

    Tratamentos para infecção urinária devem ser acompanhados por profissionais de saúde, visto que eles determinam que tipo de infecção de trato urinário é o seu. Tratar imediatamente e de forma correta é necessário para que a doença não evolua para algo muito mais grave e perigoso.

    Remédios para infecção urinária incluem antibióticos. O tratamento com o uso de antibiótico para infecção urinária, prescritos pelo médico é o mais recomendado e completo. Em especial são aconselhados para mulheres que sofrem com infecções urinárias regulares. No entanto, sempre que se usa antibióticos, pode causar efeitos colaterais, que podem incluir:

    erupção cutânea;

    tonturas;

    náuseas;

    diarreia.

    Os efeitos colaterais mais graves incluem infecções resistentes a antibióticos ou infecções por Clostridium difficile, que causam diarreia que pode levar a danos graves no cólon e à morte (normalmente essa complicação só ocorre após uso prolongado e de vários antibióticos diferentes). De novo, contacte um profissional de saúde especializado se desenvolver quaisquer efeitos secundários enquanto toma o seu antibiótico.

    Caso você tenha infecções do trato urinário frequentemente (3 vezes ou mais por ano), então deve consultar o seu médico. O seu profissional de saúde poderá querer fazer mais exames (como verificar se a bexiga se esvazia) para descobrir porquê.

    Se continuar a ter infecções urinárias, uma dose mais longa de antibióticos de baixa dose ou tomar um antibiótico após a relação sexual pode ajudar. Existem também métodos de autodiagnóstico que profissionais da saúde podem arranjar que lhe permitam diagnosticar e tratar as suas tais infecções em casa.

    Antibióticos orais

    Se o seu profissional de saúde lhe prescrever antibióticos: Tome-os exatamente como ele lhe disser:

    Não compartilhe os seus antibióticos com outras pessoas.

    Tome os antibióticos no período prescrito. Fale com o seu profissional de saúde sobre a eliminação segura de restos do medicamento.

    Beba muita água.

    O seu profissional de saúde também pode recomendar medicamentos para ajudar a diminuir a dor ou o desconforto. Fale com ele se tiver alguma dúvida sobre os seus antibióticos. Tome os antibióticos durante um sete dias em conformidade com o que seu médico disser. A maioria das mulheres precisa tomá-los durante uma semana. Já os homens, por quase duas.

    Os sintomas costumam desaparecer depois de três dias de tratamento, mas pode demorar cerca de cinco dias para todas as bactérias serem eliminadas do trato urinário. Esse período pode ser maior no caso de homens. É essencial seguir o tratamento à risca, e assim você terminar todos os antibióticos que o médico receitar, a menos que ele indique algo diferente.

    Quando o paciente decide parar o uso da medicação antes do tempo recomendado, o antibiótico não irá eliminar as bactérias. Caso os sintomas persistam após o uso da medicação ou caso não se sinta melhor em alguns dias, entre em contato com o médico.

    Tem algum remédio que não precisa de receita?

    Não. Como os medicamentos usados para tratar infecção urinária são antibióticos, todos eles precisam de receita – receita controlada.

    Medicamentos de venda livre são remédios que você pode comprar sem receita médica. Alguns deles aliviam dores e coceiras. Outros previnem ou curam doenças, como cárie dentária e pé de atleta. Outros ajudam a gerenciar problemas recorrentes, como enxaquecas e alergias. Mas é necessário recordar que a automedicação pode mascarar sintomas mais sérios e prejudicar qualquer tratamento que você esteja fazendo.

    Lembre-se: procure sempre o atendimento de médicos especialistas. O cuidado com a nossa saúde é primordial!

    Conclusão: quanto tempo leva para curar a infecção urinária?

    Em média levam cerca de 3 a 5 dias, as mais simples, porém quando não tratadas de forma correta, com auxílio de especialistas, a situação pode se agravar.

    Vale ressaltar: se você tem sentido algum destes sintomas, ou acredita que possa estar passando por isso, é importante marcar uma consulta com urologista. Procure o nosso atendimento online.

    Referências

    Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

    A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

    Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

    Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.

    Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.

    Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)

    Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada

    Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

    #sintomas #o que causa #antibióticos e outros tratamentos
    View Full