#webamp Tumblr posts

  • zayveonjermusic
    13.09.2021 - 6 days ago
    View Full
  • kalpeshnitore
    28.06.2021 - 2 monts ago

    Winamp Skin Museum Helps Nostalgic Users Re-Live Their Favorite Audio Player

    https://ift.tt/eA8V8J If you are among those who loved the early Winamp, then you are going to like the Winamp Skin Museum, a collection of over 65,000 Winamp skins that are searchable and fully interactive. Users can also upload the skins into Webamp, a browser-based version of Winamp 2. Gadgets 360 https://ift.tt/2yDpjSA from Blogger https://ift.tt/3x3Vipc

    View Full
  • comradeprozac
    27.04.2020 - 1 year ago

    Tumblr could replace their music and video player with Webamp and no one would complain.

    View Full
  • ironmmani-blog
    24.04.2012 - 9 years ago

    Apenas Meu Primo, Capítulo 6

    Narrador:

    - Filho, onde está Lua? - Deve ta no quarto dela mãe. Onde a senhora estava - Passei no mercado para comprar as coisinhas que faltava. Ajuda aqui com as sacolas. – ela falou enquanto deixava cair as coisas pelo chão da cozinha. Arthur ajudou sua mãe e depois subiu para se banhar.

    Lua:

    Estava no computador, quando vi que Pedro havia me adicionado no MSN. Aceitei o convite, atualizei algumas fotos no facebook e desliguei. Desci para jantar e logo fui dormir.

    Tempos depois... Algumas semanas se passaram, eu e Arthur nunca mais havíamos nos beijado, ele mal falava comigo e eu não fiz muita questão em ir falar com ele também. Sophia e Mel viraram minhas melhores amigas, tinha a sensação de que já havia conhecido elas à muito tempo.  Pedro e eu ficamos mais próximos um do outro. Pérola continuava a vir aqui em casa e eu odiava cada vez mais aquela menina. Era sexta-feira, as meninas haviam combinado de se encontrar no shopping para fazer alguma coisa. Eu estava indo na padaria, quando esbarro com Pedro na rua.

    - Oi Lua, que má sorte encontrar você por aqui. – ele zombou. - Oi, sempre engraçadinho não é mesmo? – eu dei um tapa no seu ombro e ele riu - O que vai fazer hoje a noite senhorita? - As meninas marcaram de ir pro shopping mais tarde. - Que pena, iria convidar você pra ir ao cinema, mas você já vai com elas né. - Ah, que tal ir dar uma volta com nós? - Não vai atrapalhar? - Claro que não. – dei um sorriso - Então posso te pegar as 20h30? - Pode sim, te espero então. – dei um beijo em seu rosto e fui para a padaria. Comprei o que a tia Kátia me pediu e voltei para casa.

    Tomei o café da tarde, deitei um pouco e peguei no sono. Acordei eram 19h00, me banhei e fui ver uma roupa. Coloquei uma calça preta, uma blusinha colada branca, um casaquinho preto por cima e um sapato preto também. Me maquiei e arrumei o cabelo, sai do quarto e esbarrei em Arthur no corredor.

    - Nossa Lua, aonde você vai assim? – ele me olhava - Não te interessa.  – tentei ser seca e direta - Nossa, pra que ser tão agressiva? – ele me pressionou na parede e ficou me olhando - Luuuuuua, tem um menino aqui em baixo te esperando. – minha tia berrou lá de baixo - Já estou indo tia. – gritei. Arthur ficou me olhando estranho.  Antes de eu sair ele tentou me roubar um beijo, mas não conseguiu. Desci as escadas e fui ao encontro de Pedro.

    View Full
  • ironmmani-blog
    23.04.2012 - 9 years ago

    Apenas Meu Primo, Capítulo 5

    Lua:

    Adormeci ali mesmo. Acordei com alguém se despedindo, apareci na escada e era o Arthur, ele me olhou e logo veio em minha direção.

    - Ei, porque essa carinha? - A mesma carinha de sempre Arthur. - Não é não, o que houve? É por causa da Pérola no colégio falando daquele jeito? - Já disse Arthur, não é nada. E pare de ficar falando na Pérola, que saco. – subi as escadas pisando forte. - Lua, espera. – ele me puxou pelo braço - O que foi desta vez? - Por um acaso você está com ciúmes de mim com a Pérola, Lua?

    Eu realmente estava com ciúmes de Pérola? Eu já não sabia mais o que estava sentindo, fiquei ali parada olhando dentro dos olhos dele. Arthur pegou uma mecha do meu cabelo, colocou atrás da orelha e se aproximou. Minha respiração já estava acelerada, nada me obedecia mais, apenas fechei os olhos e senti seus lábios quentes nos meus. Aos poucos fui dando passagem para sua língua, era um beijo calmo, delicioso.

    Narrador:

    Arthur foi levando Lua até o quarto dela, empurrou a porta e a deitou na cama carinhosamente. Ele beijou o pescoço dela, que ficou arrepiada. Lua passou suas mãos nas costas de Arthur, que procurou os lábios da mesma.

    Lua:

    Eu estava gostando muito disso tudo, como ele beijava bem, como eu me sentia bem com ele ao meu lado. Mas não estava certo, temos o mesmo sangue, não podemos ficar junto. Empurrei ele, que caiu da cama sem entender.

    - O que foi Lua? Não está gostando? - Não é isso Arthur. Somos primos, não podemos. - Então quer dizer que você estava gostando? – ele se aproximou novamente - Thuuur, não. – ouvi barulhos, deveria ser na cozinha – Sua mãe chegou, vá para o seu quarto. - Ok Lua. – ele me deu um beijo no rosto e saiu do quarto

    View Full
  • ironmmani-blog
    23.04.2012 - 9 years ago

    Apenas Meu Primo, Capítulo 4

    Lua:

    No pátio todos não paravam de olhar eu e Arthur, queria saber o porquê de eu ser a nova atração do colégio. Uma menina se encaminhava em nossa direção.

    - Arthuuuuuuuuur. – Ela veio gritando – Você pode me explicar o que está acontecendo aqui? - Quem é essa Arthur? – eu sussurrei - Uma menina que eu fiquei aí. – sussurrou Eu logo me afastei dele, afinal de contas ele era apenas meu primo. A menina me fuzilava com os olhos.  - Abaixa o tom Pérola. - Estou esperando uma explicação Arthur. - Ela é minha prima, e eu não tenho nada sério com você, não sei porque essa confusão toda. - Ah, sua prima? Desculpa. – ela lhe puxou para um beijo e ele retribuiu.

    Deixei os pombinhos a sós. Parecia que ela ignorava o fato de que ele não queria nada sério. Mas porque eu estou falando disso mesmo? Enfim… as aulas terminaram e eu fui pra casa. Arthur ficou com Pérola, talvez chegaria só mais tarde. Joguei a mochila no canto do quarto, tomei meu banho e fiquei assistindo o desenho que passava na televisão. Acabei pegando no sono e acordei com o celular tocando.

    ~Inicio da ligação~

    - Alô? - Oi filha. - Oi mãe. - Como estão as coisas por aí? - Está tudo ótimo, e a senhora como está? - Estou bem, agora preciso desligar filha, só liguei para saber de você mesmo. - Ok mãe, beijos. - Beijos.

    ~Fim da ligação~

    Levantei do sofá e logo fui ver se o Arthur já tinha chego. Era duas horas da tarde e nada desse menino aparecer. Fui até a cozinha ver o que tinha de almoço, peguei a comida e me sentei. A porta da sala se abriu, era Arthur finalmente.

    - Eae priminha. – ele disse passando com Pérola na sala. - Oi priminha – ela piscou pra mim. - Oi biscate. – Falei baixinho.

    Fiquei emburrada. Como ele podia trazer essa menina pra casa em? Subi para o meu quarto e fiquei no computador. Escutei um barulho e corri até o quarto do Arthur, tentei descobrir o que era, pareciam ser gemidos. Espera aí, gemidos? Entrei no meu quarto e me joguei sobre a cama, de repente desceu uma lágrima pelo meu rosto.   - Eu não posso estar gostando dele, eu não posso. – falei em tom de sussurro.

    View Full
  • ironmmani-blog
    22.04.2012 - 9 years ago

    Apenas Meu Primo, Capítulo 3

    Lua:

     Chegando no colégio, fui procurar aonde ficava minha sala.

    - Oi, aluna nova? – a loirinha me perguntou curiosa - Sim, sim. Você sabe onde fica a sala 203? - Sala 203? É a mesma que a nossa. – a morena disse empolgada - Qual o seu nome? - Lua e o seu? - O meu é Sophia, e essa é a Melanie. - Pode me chamar só de Mel mesmo. – eu ri da euforia delas - Ok, agora vamos para sala? – nós rimos - Vem comigo – Sophia disse me puxando pela mão

    Narrador:

    - Porra Arthur. – uma voz masculina ecoou pelo corredor do colégio - E aí Pedro. - Quem era aquela menina com você? Sua nova ficante? - Claro que não cara. - Como assim? Me apresenta ela então – risos – - Minha prima moleque e sem gracinhas com ela, ou eu te arrebento a cara. -  Pra que isso Arthur? Ela é só sua prima, não custa nada me apresentar né. - Cara, vamos pra aula, é melhor. Pedro estudava na mesma sala que Lua, assim que entrou na sala viu Lua conversando com as meninas. Sorriu com seus pensamentos e se sentou.

    Lua:

    O amiguinho do Arthur não parou de me olhar a aula inteira, eu já estava ficando incomodada com isso. Dei graças a Deus quando o sinal para o intervalo finalmente tocou. Estava me encaminhando até a cantina do colégio, quando ele me puxa pelo braço.

    - Er, oi. – ele disse meio que envergonhado - Oi. - Me chamo Pedro, amigo do seu primo Arthur. - Hmm prazer, me chamo Lua. - Prazer só na cama gatinha. – ele me olhou fixamente. Arthur estava olhando e logo depois se encaminhou em nossa direção. - Lua, o que você está fazendo aqui sozinha com ele? - Ele só veio me cumprimentar Arthur, calma. - Já que você não quis me apresentar ela, eu tive a sorte de cair na mesma sala que ela e vim me apresentar né.

    Arthur não estava nem um pouco contente, deu para perceber. Pegou em minha cintura e foi me guiando para fora da sala. Fiquei intrigada com a reação do Arthur e perguntei:

    - Porque você não quis que ele falasse comigo Arthur? - Ele é safado Lua, não quero você dando bola pra ele. - Mas ele não fez nada demais Arthur. - Você não entende a mente dos homens priminha.

    View Full
  • ironmmani-blog
    22.04.2012 - 9 years ago

    Apenas Meu Primo, Capítulo 2

    Lua:

     - Você quer ver o jogo? - Pode ser, você já estava vendo. - Mas se você quiser ver outra coisa eu mudo de canal. - Não, não precisa, vamos ver o jogo.

    Ficamos ali assistindo o restante do jogo em silêncio até minha tia chegar. Ela estava com algumas sacolas nas mãos, parecia ser roupas. Ela foi até a cozinha, pegou um copo de água e voltou até a sala.

    - Lua, amanhã é o primeiro dia de aula e eu não quero ver vocês indo dormir tarde, ouviram? - Pode deixar tia, já estávamos indo. – sorri para ela e me levantei do sofá – Não vai dormir Arthur? – Olhei para ele e percebi que estava dormindo, dei dois tapas no ombro dele e ele abriu os olhos. - Hã? O que foi? – ele respondeu meio sonolento - Acorda Arthur, vamos dormir na cama que amanhã tem aula. - Ah sim, vamos.

    Me encaminhei até a escada e esperei o Arthur procurar seu chinelo. Subimos para nossos quartos e quando eu estava entrando no meu, Arthur me chamou.

    - Lua? – ele se virou - Oi? - Será que você podia me acordar amanhã? É que eu costumo perder o horário quase sempre. – ele coçou a cabeça - Pelo o que eu vi, você deve dormir mais que a cama. – nós rimos – Acordo sim. - Então tudo certo, agora vou dormir, boa noite Lua. - Boa noite Arthur. – ele fechou a porta do quarto e eu entrei no meu

    Fiz minha higiene, coloquei meu pijama e deitei na cama. O dia havia sido muito cansativo, logo adormeci. Acordei com o despertador tocando debaixo do travesseiro, me levantei e fui tomar meu banho. Era o meu primeiro dia na escola e como eu ainda não tinha uniforme, coloquei uma blusinha branca, uma calça jeans e meu tênis. Fiz minha higiene matinal e fui até o quarto do Arthur. A porta estava encostada, então entrei e ele estava dormindo.

    Narrador:

    - Arthur, Arthuuur acorda, já está na hora de ir para a escola. – Lua batia em Arthur - Já vai mãe, mais cinco minutinhos. - Não é sua mãe Arthur, sou eu, Lua. Bora levantar, anda. - Lua? – ele levantou assustado - Quem mais seria Arthur? A branca de neve? – ela falou revirando os olhos - Desculpe, só me assustei, vou me trocar e já estou descendo para tomar café. - Ok, não demore. Lua: Deixei o Arthur se arrumando e fui preparar o nosso café da manhã, pois minha tia já havia ido trabalhar.

    View Full
  • ironmmani-blog
    22.04.2012 - 9 years ago

    Apenas Meu Primo, Capítulo 1

    Lua:

    Acabei chegando na casa da minha tia, já estavam todos a minha espera. Toquei a campainha e minha tia já veio logo atender. - Lua minha querida. – ela me recepcionou com um sorriso no rosto - Oi tia Kátia. – devolvi o sorriso Logo atrás, Arthur veio me cumprimentar olhando da cabeça aos pés. - Seja bem-vinda Lua. - Obrigada Arthur. – ele me deu um beijo no rosto e se encaminhou para a cozinha - Lua, como você está grande meu bem, está cada vez mais Linda - dei um sorriso para ela - Concordo. – Arthur gritou. Soltei um riso baixinho. - Lua minha querida, seu quarto é logo após o corredor, você deve estar louca para se banhar, não é mesmo? - Sim tia, a viagem foi muito cansativa. - Tem tudo o que você precisa dentro do guarda-roupa, se faltar alguma coisa é só avisar. - Obrigada tia. – falei enquanto subia as escadas Narrador: Arthur assim que acabou de comer, se encaminhou até a sala, onde Kátia estava. - Nada de gracinhas para cima de sua prima, ouviu? - Claro mãe, irei cuidar dela direitinho. – Arthur sorriu - Assim espero senhor Arthur.

    Lua:

    Estava procurando o meu quarto, até que encontrei. Ele era lindo, já estava todo organizado e tinha uma toalha sobre a cama. Joguei minhas coisas pelo chão e logo fui tomar um banho. Acabei meu banho, me encaminhei até minha bolsa e espalhei as roupas sobre a cama, coloquei um shorts jeans e uma regatinha preta. Quando terminei de me arrumar, bateram na porta. - Lua, Lua, posso entrar? - Pode sim, entra. – Arthur entrou no quarto me olhando – O que você quer? - Nada, só vim chamar você para o jantar. - Ah, ok. Já estou descendo. – Ele fechou a porta e saiu do quarto. Terminei de escovar o cabelo e desci para a cozinha. Apareci na porta e Arthur deu um sorriso torto. Devolvi o sorriso e sentei na mesa para jantar. - Boa noite Lua. - Boa noite Arthur, cadê a sua mãe? - Ela foi na casa da vizinha, deve voltar mais tarde. - Ah sim, pega o macarrão pra mim? – ele deu e ficou me olhando – O que foi Arthur? - Nada, nada. Acabei de comer e fui lavar a louça, pois minha tia já havia feito a comida e eu não gosto de deixar tudo por conta dela. Arthur estava na sala vendo o jogo que passava na televisão quando eu acabei meu serviço. Me sentei ao seu lado no sofá.

    View Full